Tragédia

Criança de 1 ano morre afogada em um balde

Uma ocorrência trágica, com a morte de uma criança de apenas 1 ano de idade, causou grande comoção na comunidade de Trizidela do Vale, na região do Médio Mearim

Reprodução

Uma fatalidade, com a morte de uma criança, aconteceu na Rua Collor de Mello, em Trizidela do Vale, onde uma menina de apenas um ano e seis meses se afogou no interior de um balde.
Ela brincava na sala de sua casa quando um dos seus brinquedos caiu no balde com água e ela, na tentativa de pegá-lo, caiu de cabeça no balde e se afogou.
No momento em que o fato ocorreu, não havia nenhum familiar seu no mesmo cômodo.
Consta que, na ocasião, a mãe do bebê se encontrava no quarto e, quando retornou à sala, observou que sua filha estava com parte do corpo dentro do balde que continha àgua.
A mãe, desesperada, tentou socorrer a pequenina, mas esta já estava sem vida. A polícia constatou que a criança morreu por asfixia por submersão. Seu sepultamento aconteceu no Cemitério de Trizidela do Vale com grande acompanhamento da população comovida.

Saiba como proteger as crianças contra afogamento

  • Não deixe crianças sozinhas quando estiverem próximas da água. Sempre mantenha pelo menos um adulto por perto.
  • Invista em uma boa escola de natação desde os primeiros anos de vida, saber nadar é questão de sobrevivência.
  • Crianças pequenas podem se afogar em qualquer recipiente com mais de 2,5 cm de água ou outros líquidos, seja uma banheira, pia, vaso sanitário, balde, piscina, praia ou rio;
  • Ensine as crianças a não correr, empurrar, pular em outras crianças ou simular que estão se afogando quando estiverem na piscina, lago, rio ou mar.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS