DESFALQUE

Moto Clube abre temporada sem o atacante Val Barreto

O Moto inicia hoje mais uma partida da série de batalhas que terá pela frente em busca do acesso à Série C do Campeonato Brasileiro

Foto: Reprodução

Sem poder contar com o atacante Val Barreto, principal goleador da equipe no Estadual (vice-artilheiro), que sentiu dores musculares antes da viagem, mas ainda animado com a recente conquista do título de campeão maranhense-2018, o Moto inicia hoje mais uma partida da série de batalhas que terá pela frente em busca do acesso à Série C do Campeonato Brasileiro. A equipe rubro-negra, comandada pelo técnico Marcinho, entra em campo às 17h, no Estádio Edgarzão, em Assu-RN, para enfrentar o time local, e deverá começar com poucas alterações em relação ao grupo vencedor, apelidado pela torcida de “Guerreiros!”. O jogo terá portões abertos ao torcedor, pois o estádio teve seus laudos técnicos liberados na última quinta-feira.

Mesmo sem conhecer o adversário, o técnico motense seguiu bastante otimista quanto a um possível resultado positivo em território potiguar. “Confiamos no trabalho e na qualidade da nossa equipe e acreditamos que vamos começar bem esse desafio”, comentou antes da viagem. Enquanto o Moto fez uma campanha invejável e só perdeu uma partida no Estadual, o Assu-N ficou em sexto lugar, mas pretende, assim como os rubro-negros, subir da Série D para a C.

Desde o início da semana, o técnico Marcinho Guerreiro havia definido que mandaria a campo uma equipe com poucas alterações, devido à saída de alguns jogadores. Confirmou a entrada de Wesley na zaga central, em lugar de Betão, que não treinou e retornou de viagem com problemas de conjuntivite. Ao mesmo tempo, promoveu mudança no meio de campo, onde Rafael Santos terá como companheiro Romério, ocupante da vaga deixada por Bruno Menezes, e Shalisson. Ele só não contava com a ausência de Val Barreto. O substituto poderá ser Doda ou Luís Felipe. Rodrigo Ramos; Diego Renan, Wesley,Wanderson e Chico Bala; Rafael Santos, Romério, Shalisson e Everlan; Ricardo Maranhão e Doda (ou Luís Felipe).

Arbitragem

Glauco Nunes Feitosa-CE será auxiliado por Anderson Moreira de Farias e Marcione Mardônio da Silva Ribeiro. O quarto árbitro é do Rio Grande do Norte: Leandro de Sales Barchz.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS