CRIME ORGANIZADO

Operação da Polícia Civil prende líderes de facção

Dois mandatos de busca foram cumpridos contra criminosos que atuavam no crime organizado da capital

Reprodução

Uma operação da Polícia Civil – MA, por intermédio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), deu cumprimento a mandados de prisão preventiva em desfavor dos indivíduos Charles da Luz, de 26 anos, vulgo “PINDUCA” e Francisco de Assis Ambrosio, de 38 anos, vulgo “GORDO ou DE ASSIS”, ambos integrantes de uma facção criminosa atuante no Estado do Maranhão.

As investigações realizadas pelo Departamento de Combate ao Crime Organizado da SEIC dão conta de que “PINDUCA” seria um dos principais líderes de uma das facções criminosas que atuam nesta Capital, atuando especificamente em Paço do Lumiar e em alguns bairros de São Luís/MA, enquanto “GORDO ou de ASSIS” um de seus principais comparsas na prática de diversos delitos.

“PINDUCA” foi localizado em um hospital particular em São Luís/MA, onde estava internado em razão de ter sido alvejado com um disparo de arma de fogo durante um roubo que tentou praticar na companhia de “GORDO”, alguns dias atrás.

Além dos cumprimentos dos mandados de prisão, foram autuados em flagrante delito o indivíduo Johnny de Castro, de 25 anos, como incurso no crime de integrar organização criminosa (Art.2º da lei 12.830/12), em razão de ter sido identificado como o responsável pelo recolhimento de valores ilícitos de traficantes a mando de “PINDUCA”, e Kelma Lúcia Silva, (38 anos) ex companheira de “PINDUCA”, como incursa no delito de tráfico de drogas (Art. 33, caput, da lei 11.343/06), em razão de ter sido encontrada com porções de cocaína destinadas à venda. Após as formalidades legais, os indivíduos foram encaminhados ao Centro de Triagem e Observação Criminológica do Sistema Penitenciário de São Luís, onde ficarão à disposição da Justiça.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS