SAÚDE

Cinco passos para evitar lesões durante atividade física

Contusão acontece quando há uma sobrecarga na musculatura, seja por um trauma agudo ou excesso de treinamento

Reprodução

Os cuidados com a saúde e qualidade de vida estão cada vez mais frequentes. Neste cenário, muita gente inclui a prática de atividades físicas na rotina. Apesar de todos os benefícios dos exercícios, alguns cuidados são necessários, pois quando realizados na frequência, intensidade e formas inadequadas, podem causar lesões.

De acordo com José Carlos Oliveira, personal trainer e especialista em musculação e treinamento funcional do studio 2 Spin, a maioria das contusões estão ligadas ao excesso de exercício. “Na intenção de alcançar mais rapidamente os resultados desejados, as pessoas acabam exagerando e ignoram o tempo necessário de recuperação do músculo, resultando em dores, fadiga e lesões”.

Para evitar lesões, alguns cuidados são recomendados. Abaixo, o especialista os cinco passos da atividade segura:

Faça uma avaliação médica – Antes de iniciar qualquer atividade é imprescindível realizar uma avaliação física para saber como anda a musculatura. “Especialmente para pessoas que estão paradas há muito tempo, é preciso verificar o nível do condicionamento físico, se há alguma lesão ou para que o educador físico passe o treino mais adequado. Assim, o exercício proporcionará mais saúde e não acarretará em lesões”, destaca.

Consulte um profissional da área – Para evitar lesões durante a prática de uma atividade física, é de suma importância ter acompanhamento de um profissional capacitado que dará atenção aos movimentos executados em cada exercício, além de indicar uma sequência correta.

Não esqueça o aquecimento e alongamento – Antes de qualquer atividade é extremamente importante preparar o corpo. “O aquecimento faz com que a musculatura do corpo seja estimulada, diminuindo o risco de lesões. Depois do treino é necessário fazer um alongamento, pois este processo ajudará os tecidos musculares a relaxarem e a recuperarem forças para os próximos desafios”.

Tenha um nutrição adequada – Ter uma alimentação balanceada pode evitar a fadiga, otimizar o período de recuperação, diminuir a ocorrência de lesões, promover qualidade de vida e ainda garantir a correta reposição dos estoques de energia.

Estabeleça limites – É normal querer ultrapassar limites, mas é preciso cautela. “A intensidade dos treinos deve ser aumentada aos poucos. Nos dias em que houver incômodos, o ideal é realizar atividades moderadas ou treinar outros grupos musculares”, finaliza o profissional.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS