CRIME

Polícia de Santa Catarina identifica assassina de Braieny Alves

Braieny Alves era natural do Maranhão e estava em Florianópolis a trabalho. Ela ajudava a família financeiramente e pagava sua faculdade

Reprodução

De acordo com o delegado da polícia de Santa Catarina, Ênio de Oliveira Matos, “as diligências estão em andamento com uma possível suspeita já identificada”. Ele se refere ao assassinato da jovem maranhense Braieny Alves Soares, de 20 anos, em Santa Catarina. O crime aconteceu na semana passada, dia 4 de janeiro, na capital Florianópolis.

O corpo de Braieny foi velado na manhã desta quinta-feira, no bairro do São Bernardo. Amigos lotam as redes sociais da jovem com comentários pedindo justiça pelo acontecido. “Muito triste, uma menina cheia de vida, tão nova. Muito injusto alguém fazer isso com ela”, comenta uma jovem que diz ter estudado com Braieny.

O mal não me atinge O nada não me abala 🎶🤞🏻 @ideiasdeala

A post shared by Braieny Alves🕉🌈🔥 (@braieny_alves) on

“Quem conhecia a Braieny sabe o quanto ela era feliz e trazia felicidade. Espero que todos possam respeitar a dor e falta que a nossa menina irá fazer”, lamenta outro amigo.

O corpo será enterrado no cemitério Jardim da Paz, estrada de Ribamar, por volta das 16h desta quinta.

Só agradece 🙌

A post shared by Braieny Alves🕉🌈🔥 (@braieny_alves) on

Sobre o caso

Braieny é natural de São Luís e estava em Florianópolis há cerca de um mês. Ela se mudou para a capital catarinense em busca de emprego para a ajudar a família e terminar de pagar a sua faculdade. Ela sonhava em se formar no curso de fisioterapia.

Imagens de uma câmera de segurança revelaram o crime. A jovem saía de uma casa noturna, localizada na rua Major José Augusto de Farias, centro de Florianópolis, na noite do dia 4 de janeiro, quando foi abordada por duas pessoas, aparentemente mulheres. Elas efetuaram disparos contra a vítima e, em seguida, fugiram no veículo Fiat Uno, cor Branca.

A jovem foi socorrida por populares que ouviram os tiros e logo acionaram a Polícia Militar. Ao chegar no local, a polícia já encontrou Braieny caída no chão.

A família precisou receber doações para conseguir trazer o corpo da jovem para São Luís.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS