ESPORTE

Moto Club é o novo líder do estadual

Técnico Marcinho Guerreiro elogia o desempenho da equipe na vitória por 4 a 1 sobre o São José, na segunda rodada do Campeonato Maranhense

Foto: Reprodução

Após a vitória por 4 a 1 diante do São José, o Moto Club terminou a segunda rodada do Campeonato Maranhense como líder da competição. O Papão divide a primeira posição em pontos com Maranhão e Imperatriz, mas fica à frente por conta do saldo de gols.

O comandante da equipe, Marcinho Guerreiro, exalta justamente o crescimento do Moto no Estadual no quesito atuações. O treinador exalta também o fato de liderar neste momento a competição, segundo ele, tão equilibrada.
“Eu acredito nesses jogadores. A gente vem fazendo bons jogos. O campeonato vem sendo muito equilibrado. Todos os jogos estão sendo difíceis. Então, temos que ficar feliz pelo que os jogadores vêm apresentando”, disse.
Marcinho destaca também a preparação física do grupo de jogadores. O treinador acredita que a força nesse quesito no segundo tempo tem sido essencial. “Temos que parabenizar o Fábio Nogueira (preparador físico), pois o nosso segundo tempo tem sido essencial. Os caras têm corrido muito. Isso tem nos dado uma tranquilidade para o segundo tempo. Todos estão de parabéns”, finalizou.

O próximo confronto do Papão é o Superclássico com o Sampaio Corrêa, no Estádio Castelão, marcado para as 17h do próximo domingo.

Mais um reforço

Após duas baixas na lateral-esquerda antes mesmo do Campeonato Maranhense começar, o Moto agiu rápido e acertou a contratação de mais um jogador para a disputa da temporada. O lateral-esquerdo Léo Campos chega após rescindir seu contrato com o Avenida-RS.

O jogador também atua como meia e pode virar opção versátil para o técnico Marcinho. Léo desembarcou em São Luís na madrugada de ontem e hoje deve participar dos treinamentos com os companheiros.

Aos 25 anos, Léo Campos foi formado nas categorias de base do Avaí. Entre os clubes que passou, destaque para o ASA-AL, Sampaio Corrêa-RJ, Inter de Lages-SC, Brasiliense-DF, Guarani-SC e Marcílio Dias. O jogador de 1m80 também passou pelas categorias de base do Grêmio.

MOSTRAR MAIS