Paralimpíadas

Tênis de mesa maranhense conquista 14 medalhas nas Paralimpíadas

Nas Paralimpíadas Escolares 2017, em São Paulo, brilharam os maranhenses Marcos Lindoso, Raquel Santos, Samily Pereira, Sther dos Santos, Luanderson Diniz e Wendel Teixeira

Reprodução

Foi bastante positiva a participação do Maranhão nas Paralimpíadas Escolares. Além da natação e do atletismo, outros esportes se destacaram, entre eles, o tênis de mesa, que subiu no pódio das Paralimpíadas Escolares 2017, em São Paulo. O grupo de mesa-tenistas paralímpicos Raquel Santos, Samily Pereira, Sther dos Santos, Marcos Lindoso, Luanderson Diniz e Wendel Teixeira, conquistou 14 medalhas para o estado, sendo uma de ouro, quatro de prata e nove de bronze.

A maranhense da cidade de Matinha, Raquel Alves,15 anos, faturou um ouro (na dupla) e dois bronzes por equipe. Ela falou da satisfação em participar das Escolares. “Esse já é o meu terceiro ano nas Paralimpíadas e estou muito feliz em participar mais uma vez levando três medalhas. A vitória do ouro não foi fácil e agora é treinar mais para os próximos anos”, disse a mesatenista.

Samily Pereira, 13 anos,  participou pela primeira vez dos jogos e já subiu no pódio, garantindo duas pratas na categoria A por equipe. “É uma honra representar meu estado e, entre tantos estados fortes, sair com duas medalhas”, disse Samily.

Goalball feminino

As meninas do goalball  maranhense conquistaram a medalha de bronze. Elas venceram por 11 a 9 a equipe de Santa Catarina na decisão que garantiu o pódio no Centro Paralímpico Brasileiro, em São Paulo-SP.

“Essa medalha de bronze significa muito para mim e para todos do Maranhão, pois conseguimos com muito esforço. Sou deficiente visual e estou aqui para mostrar que cego pode fazer qualquer coisa que quiser, basta ter fé e acreditar. Estou com essa medalha mostrando isso para todos! Conseguimos ganhar a medalha que, para mim, não é bronze é ouro”, disse atleta Zilene Pereira, de 15 anos de idade.

Premiação

A premiação da modalidade aconteceu ontem (24) – último dia das Escolares- com medalhas entregues pela Seleção Brasileira de Goalball Feminino. O primeiro lugar ficou com a equipe de São Paulo; e Minas Gerais em segundo lugar. A delegação maranhense teve o apoio do Governo do Estado do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), nas Paralimpíadas Escolares: evento de realização do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e do Ministério do Esporte (ME).

Masculino

Na categoria masculina,o Marcos Antônio, levou duas medalhas de prata por equipe na categoria A. O estudante Luanderson Diniz ganhou uma prata e um bronze; e o Wendel Teixeira, do Colégio Universitário (Colun), ganhou dois bronzes.

Equipe masculina de tênis também fez bonito e conquistou medalhas na competição.

MOSTRAR MAIS