Operação Passe Fácil

Operação da Polícia Federal combate fraudes do Enem no MA

A operação que vem sendo deflagrada desde a semana passada, executou mandados de busca e apreensão em outros 12 estados

No último domingo de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a Polícia Federal deflagrou a operação Passe Fácil, que busca desarticular esquemas de fraude na prova que dá acesso à grande parte das universidades do país. Foram 31 mandados de busca e apreensão e 31 de condução coercitiva nos estados de Pernambuco, Bahia, Ceará, Espirito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Pará, Piauí, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo.

Segundo a Polícia a operação tem como alvo pessoas com grande probabilidade de terem fraudado exames anteriores e que estavam presentes na prova deste ano. A PF, no entanto, ainda apura, a partir dos dados colhidos ontem se houveram fraudes na prova deste ano, pois foi identificado que nenhum dos alvos estava portando escutas ou outras formas de auxílio na realização do Enem. Os resultados serão divulgados nos próximos dias.

A operação identificou que a fraude ocorria da seguinte forma: candidatos contavam com o auxilio de especialistas em determinadas áreas de conhecimento, conhecidos como “pilotos” para resolução da prova, que repassam os gabaritos mediante contrato.

Na última quarta-feira (8), quatro pessoas foram presas no Ceará, na operação Adinamia, da Polícia Federal, também por suspeitas de fraudes em concursos públicos e no Enem.

MOSTRAR MAIS