Tecnologia

Você sabe como testar a velocidade da sua internet?

A sua conexão com a internet não está funcionando bem? Faça o teste para verificar se o que está recebendo condiz com o que contratou.

Final de semana chegou e você quer atualizar as séries, renovar a playlist, baixar aquele filme que lançou, mas… a conexão da internet não colabora? É fundamental saber testar a velocidade que está chegando à sua rede e interpretar os dados de maneira correta. Se você não sabe como fazer isso, indicamos um passo a passo para facilitar a vida.

Primeiro, atente para as observações:

  • Antes de realizar o teste, pare os downloads, eles podem interferir no resultado;
  • Para garantir maior coerência nos dados fornecidos, conecte o cabo de internet do seu modem ao computador ou notebook. Conexões wi-fi podem sofrer interferências, é normal;
  • Confirme o valor contratado para poder compará-lo ao fim do teste.

Além de fazer o teste, você precisa saber interpretar os dados, vamos te ajudar a entender cada um abaixo:

1. PING: A sigla refere-se ao “Packet Internet Network Grouper“, que traduzindo para o português significa: “Agrupador de Pacotes da Internet”. Ele serve para medir o tempo de conectividade, ou seja, é o tempo que o dispositivo leva para conectar ao servidor. Portanto, fazendo uma analogia com uma situação bastante comum, é o tempo que um carteiro demora para entregar a mensagem. Quanto menor o ping, melhor a conexão.

2. JITTER: Mesmo que você percorra o mesmo caminho todos os dias, em algum momento você pode demorar mais ou menos para chegar ao local desejado. Por exemplo, se o trânsito estiver engarrafado, consequentemente, você vai demorar mais. Da mesma forma acontece com o tráfego de internet, se ela estiver congestionada, ou sofrendo o efeito do jitter, sua mensagem pode demorar mais para carregar. Quanto menor o jitter, melhor a conexão.

3. Download: Este dado fornece a informação de quão rápido você conseguirá puxar dados do servidor para o seu computador. Mas, perceba que na maioria das ações online, você está fazendo o download de dados, por isso, esta velocidade interfere no carregamento de páginas e até quando você assiste vídeos online. Quanto maior, melhor e mais rápido.

4. Upload: Aqui é o contrário do download, significa o tempo que demora para que você consiga enviar dados, ou seja, enviar um e-mail, mandar uma mensagem com áudio, participar de um vídeo chat. Quanto maior, melhor e mais rápido.

5. IP: é a identificação do seu computador na rede. Este número aparece abaixo do nome da sua rede.

6. MBPS: A sigla que aparecerá na medição do download e upload significa “Megabits por segundo”. É muito importante entender a diferença de megabit por megabyte, 1 byte é a junção de 8 bits. Por isso, muitas operadoras confundem propositalmente essas nomenclaturas ao utilizar apenas o termo “mega” sem especificar se são bits ou bytes. Ou seja, se você não ficar atento, pode acabar contratando 10 megabits e não megabytes. Para evitar este problema, saiba qual a real medida que estão vendendo.

Agora, para realizar o teste, clique aqui.

MOSTRAR MAIS