REI DO FUTEBOL

Pelé: O nascimento de uma lenda chega aos cinemas

Filme que conta a história do Rei do Futebol, da infância à conquista da Copa do Mundo de 1958, que foi muito criticado nos Estados Unidos, estreia nas salas de cinema do Brasil nesta semana

Crédito:JONNE RORIZ/AGÊNCIA ESTADO/AE/Codigo

A história de Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, considerado o maior jogador de futebol de todos os tempos, será contada nas telas dos cinemas por meio de filme que revela como foi a sua infância na cidade mineira de Três Corações até a consagração ao ganhar a Copa do Mundo de 1958 pelo Brasil, com apenas 17 anos, que estreia dia 26 de outubro nas salas de exibição de todo o país.

O elenco conta com atores como: Leonardo Lima, Kevin de Paula, Diego Boneta (Rock Of Ages – O Filme), Colm Meaney, que participou de filmes como O Pior Trabalho do Mundo, Maldito Futebol Clube, Seu Jorge (A Vida Marinha com Steve Zissou e Cidade de Deus), Rodrigo Santoro (Bicho de sete cabeças e Trezentos), Vincent D’Onofrio, Marianna Nunes, Milton Gonçalves, Rafael Henrique, Marcus Vinicius, Julio Levy, Thelmo Fernandes e Felipe Simas.

Pelé – O nascimento de uma lenda conta a milagrosa história da ascensão do lendário jogador de futebol para a glória, desde quando era um garoto até se tornar o jogador de 17 anos que marcou o gol decisivo na primeira vitória do Brasil na Copa do Mundo, em 1958. De origem pobre e juventude repleta de dificuldades, Pelé usou seu único e pouco ortodoxo modo de jogar e seu espírito imbatível para superar as desvantagens, encontrar a grandeza e inspirar um país que mudou para sempre. O drama inspirado no lendário jogador de futebol foi escrito e dirigido por Michael Zimbalist e Jeff Zimbalist, sendo produzido pela Imagine Entertainment, de Brian Grazer: e pela Seine Pictures, de Ivan Orlic; além de Kim Roth e Colin Wilson.

As imagens e cores criadas pelo diretor de fotografia Matthew Libatique (de Cisne Negro e Noé) foram consideradas “vigorosas” pela crítica cinematográfica. A trilha sonora de A.R. Rahman (Quem quer ser um milionário?) carrega forte na percussão e recebe adjetivos como “impecável”. A direção de Jeff e Mike Zimbalist não parece ser problema para os críticos. O trabalho dos irmãos americanos é elogiado, por terem familiaridade com os temas futebol e Brasil. Eles dirigiram o documentário The Two Escobars, que mostra a história de dois colombianos, o narcotraficante Pablo Escobar e o lateral Andres Escobar, mortos nos anos 1990. Também fizeram Favela Rising, documentário sobre o AfroReggae.

O filme sobre Pelé estrou em março nos Estados Unidos e não agradou muito a crítica especializada. As atuações e roteiro foram muito cornetados, ainda que a parte técnica (fotografia, iluminação, coreografias) tenha se salvado com relativo louvor.

Sobre Pelé

Edson Arantes do Nascimento, conhecido como Pelé, é um ex-futebolista brasileiro que atuava como meia-atacante, considerado o maior futebolista da história.

Descoberto por Waldemar de Brito, Pelé começou sua carreira no Santos aos 16 anos, entrou na Seleção Brasileira de Futebol aos 16, e venceu sua primeira Copa do Mundo de futebol aos 17. Apesar das numerosas ofertas de clubes europeus, as condições econômicas e as regulações do futebol brasileiro da época beneficiaram o Santos, permitindo-lhes manter Pelé por quase duas décadas no clube até 1974. Com o atleta no elenco, o Santos atingiu seu auge nos anos de 1962 e 1963, em que conquistou os torneios intercontinentais. Em 1975 foi transferido para o New York Cosmos, onde encerrou sua carreira após dois anos nos Estados Unidos.

Desde sua aposentadoria em 1977, Pelé tornou-se embaixador mundial do futebol, também tendo passagens pelas artes cênicas e empreendimentos comerciais. Em sua carreira, no total, marcou 1.281 gols em 1.363 partidas, número que fez dele o maior artilheiro da história do futebol.

MOSTRAR MAIS