ITAQUI-BACANGA

77 toneladas de lixo são recolhidas diariamente no Itaqui-Bacanga

A média mensal chega a duas mil toneladas; além da coleta domiciliar, são realizadas ações de limpeza como capina, varrição e remoções mecanizadas

Todos os dias, as equipes de limpeza urbana recolhem 77 toneladas de lixo domiciliar da área Itaqui-Bacanga. Mensalmente, o número chega à média de duas mil toneladas. Os dados são da Prefeitura de São Luís.

“A região Itaqui-Bacanga tem um dos maiores contingentes populacionais de São Luís, por isso, é também uma área que gera grande quantidade de resíduos sólidos, o que demanda maior esforço operacional”, explica a presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Estrela.

Além da coleta domiciliar, são realizadas ações de limpeza como capina, varrição e remoções mecanizadas. Ao longo da Avenida dos Portugueses é feita a remoção de resíduos sólidos pelo menos três vezes por semana. Ações que se colocam, de acordo com o Comitê Gestor de Limpeza Urbana, como essenciais para deixar a cidade mais limpa, prevenir doenças e contribuir para o escoamento adequado das águas das chuvas, evitando alagamentos.

Às segundas, quartas e sextas-feiras, os bairros onde o lixo é coletado são: Vila São Luís, Vila Nova, Vila Ariri, Vila Mauro Fecury I, Vila Mauro Fecury II, Fumacê, Gancharia, São Raimundo, Alto da Esperança, Anjo da Guarda, Vila Isabel, Vila Dom Luís e Vila Bacanga. Já nas terças, quintas-feiras e sábados, os bairros atendidos são: Jambeiro, Sá Viana, Vila São João da Boa Vista, Cidade Nova, Gapara, Vila Embratel, Poeirão, Pereira e Vila Maranhão. O Comitê Gestor de Limpeza Urbana informou que as coletas nos bairros são feitas em escala, enquanto nas Avenidas Moçambique, Anjo da Guarda, Portugueses e do Contorno da UFMA, a coleta é diária.

MOSTRAR MAIS