De olho no título

Sampaio e Volta Redonda se enfrentam pela série C

Sampaio mostra sua força em Volta Redonda-RJ neste sábado (16), no primeiro jogo do mata-mata que apontará um dos classificados para a Série B

Reprodução

Garantido na disputa do primeiro mata-mata das quartas de final da Série C do Brasileiro com três rodadas de antecipação, o Sampaio Corrêa vai tentar justificar sua boa fase técnica na noite de hoje (16), às 19h30, quando jogará fora de casa contra o Volta Redonda-RJ.

O representante do Rio de Janeiro ainda não foi derrotado em seus domínios nesta competição, enquanto os tricolores foram até aqui um “visitante indigesto”. O vencedor deste primeiro jogo dará um grande passo para subir à Segundona, porque jogará apenas pelo empate no segundo. O número de gols marcados, no entanto, será importante para os dois lados, pois é o principal critério de desempate, caso seja necessário.

Equilíbrio

Quando a bola começar a rolar no Estádio Raulino de Oliveira, estarão em campo os dois melhores ataques das equipes que conseguiram classificação. Cada equipe balançou as redes adversárias 24 vezes, só perdendo para o Joinville-SC, que fez 28, graças a uma goleada atípica aplicada no rebaixado Mogi-Mirim, na última rodada, por 8 a 0. E mais: Isac (Sampaio) e David Batista (Volta Redonda) são os artilheiros de seus times na competição, com sete gols cada. Ambos, porém, estão bem distantes de Grampolla (Joinville), que encerrou sua participação com 13 gols.
Enquanto a defesa do Sampaio Corrêa deixou passar 20 bolas, a do Volta Redonda sofreu 17 gols, isto é, três a menos. O Tricolor tem um saldo positivo de quatro gols, enquanto o Voltaço possui 7. Com 32 pontos ganhos, o Tricolor perdeu apenas quatro vezes e o time carioca (25) teve cinco derrotas.

FICHA TÉCNICA

Volta Redonda
Andrey; Luís Gustavo, Daniel Felipe, Márcio Paraíba e Henrique; Bruno Barra, João Cleriston e Marcelo; Rafael Pernão, Dija Baiano e David Batista. Técnico: Felipe Surian.

Sampaio
Alex Alves; Pedro Costa, Odair, Maracás e Esquerdinha; Valderrama, Diego Silva, Fernando Sobral e Hiltinho; Felipe Marques e Isac. Técnico: Francisco Diá

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro – MG (FIFA)
Assistente 1: Guilherme Dias Camilo – MG (FIFA)
Assistente 2:Sidmar dos Santos Meurer – MG (CBF)

MOSTRAR MAIS