POLÍTICA

Janot livra Sarney, Renan e Jucá de inquéritos

A investigação sobre a suposta tentativa dos peemedebistas de atrapalhar a Operação Laja Jato foi aberta após a delação premiada do ex- presidente da Transpetro Sergio Machado

Reprodução

Segundo informações do blog do jornalista Matheus Leitão, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF), o arquivamento do inquérito que visa investigar o ex-presidente José Sarney e os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL) e Romero Jucá (PMDB-RR).

A investigação sobre a suposta tentativa dos peemedebistas de atrapalhar a Operação Laja Jato foi aberta após a delação premiada do ex- presidente da  Transpetro Sergio Machado. A abertura do inquérito foi feita pelo relator da Lava jato no STF e ministro Edson Fachin a pedido de Janot.

Em uma das gravações entre Machado e Romero Jucá em 2016, Jucá sugeria uma mudança no governo para tentar ‘embaçar a operação Lava Jato. No entanto a Polícia Federal havia informado que uma intenção não poderia ser considerada crime e os políticos não teriam cometido obstrução da justiça.

Janot usou a mesma linha da PF, no pedido de arquivamento do inquérito, afirmando que a divulgação revelou a estratégia. “Certamente se não fosse a revelação, os investigados tentariam levar adiante seu plano”,afirma o procurador -geral.

MOSTRAR MAIS