Destaque nacional

Maranhenses têm artigos científicos aprovados pela ANPAD

Um dos artigos aprovados pela Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Administração teve como objeto de pesquisa 300 micro e pequenas empresas de São Luís,

O professor mestre em administração Marcelo Mendonça Teixeira teve seu artigo sobre marketing empreendedor aprovado pela Anpad (Foto: Reprodução)

Quinze maranhenses mestres em Administração tiveram seus artigos científicos aprovados pela Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Administração (ANPAD). O XLI Encontro da ANPAD – EnANPAD 2017 – é o mais importante evento científico internacional em administração e contabilidade realizado no Brasil. Foram 12 artigos selecionados para apresentação oral e três artigos selecionados para apresentação em pôster.

Os mestres que tiveram suas pesquisas aprovadas pela associação acadêmica serão homenageados nesta quinta-feira, 31, em cerimônia de reconhecimento realizada pelo Conselho Regional de Administração (CRA-MA). O resultado das pesquisas deverá ser reproduzido em livros, desenvolvimento de tecnologias, palestras e debates.

Um dos homenageados, Marcelo Mendonça Teixeira, formado em Administração pela Universidade Estadual do Maranhão (Uema), mestre em Administração pela Fucape e professor de administração no IFMA, desenvolveu o artigo “A prática do marketing empreendedor e sua relação com a percepção de longevidade das micro e pequenas empresas”.

A pesquisa do professor mestre em administração, aprovada pela ANPAD, foi realizada com cerca de 300 micro e pequenas empresas de São Luís, das áreas de comércio e serviços, por meio de questionário para conhecer e analisar o comportamento do empreendedor e as práticas de marketing adotadas. “O objetivo é estudar essas práticas e ações de marketing que empreendedores de empresas de pequeno porte executam no seu dia a dia, mas que não são práticas que se vê nos livros, são ações novas que estão acontecendo. Isso precisa ser estudado, evidenciado e ajudar as empresas desse porte a desenvolver ações mais específicas”, aponta.

Para o professor de administração, a observação da realidade mostra que existe um campo de conhecimento que está se desenvolvendo e que tem uma utilidade, tendo em vista que as empresas pesquisadas tem certa longevidade, pois estão no mercado há mais de quatro anos. Ele acredita que seu trabalho é uma contribuição ao meio empresarial também porque o marketing empreendedor é uma área que ainda está sendo estudada. “São práticas que estão dando certo, e dão certo até um determinado ponto. Nos livros de marketing, as práticas estão bem formalizadas, mas quando você vai para a realidade do dia a dia, se percebe uma distância entre o que está sendo colocado na teoria e o que de fato os empresários estão executando”, argumenta.

O objetivo principal com o reconhecimento do trabalho, segundo o mestre em administração, é posteriormente trazer os resultados para o meio empresarial, por meio de palestras e cursos, para ser internalizado pelos empreendedores não só de São Luís, mas de outros lugares, já que o artigo tem uma amplitude nacional e internacional. “A ideia é a gente pegar esse conhecimento produzido e montar palestras para mostrar aos empresários que essas ferramentas implementadas na prática podem ajudar a empresa dele a ficar no mercado mais tempo, tendo em vista que a taxa de mortalidade das empresas é muito grande no Brasil, a grande maioria não passa de quatro anos”, observa.

Para Marcelo Mendonça, a aprovação do artigo é uma satisfação em termos profissionais por agregar conhecimento científico à vida acadêmica. “A partir do momento em que a gente consegue publicar um trabalho em um evento que é internacional, sendo o segundo maior evento em administração do mundo, isso significa que estamos cumprindo o nosso papel dentro do pilar da pesquisa que é produzir conhecimento na sociedade”, conclui.

Maranhão é destaque nacional

professor Emerson Mainardes, coordenador da Fucape no Maranhão, diz que a aprovação de um expressivo número de trabalhos é uma grande conquista, pois o processo de avaliação é muito rigoroso. “As pesquisas produzidas são avaliadas por pesquisadores experientes. Foram 15 trabalhos aprovados por espacialistas da área que comprovam que as pesquisas têm mérito para serem apresentadas para a sociedade como novos conhecimentos gerados no Maranhão”, avalia.

O coordenador do curso de mestrado reconhece que em comparação com outros estados, o Maranhão ainda fica bem atrás em produção científica de destaques em órgãos acadêmicos, mas comparando com o desempenho de até pouco tempo atrás, as pesquisas aprovadas representam um importante avanço. “É um recorde na geração de conteúdo na área de negócios que gerará empreendedorismo e conhecimento para que empresários locais melhorem o desempenho de suas atividades. As empresas precisam vender mais para gerar mais emprego e renda”, conclui.

Além de Marcelo Mendonca Teixeira, também são destaques na EnANPAD 2017, Anderson Gedeon Buzar Reis, Camila Bittencourt Nascimento, Cesar Henrique Souza Lima, Clarisse Cordeiro Medeiros, Cristiane Souza de Lacerda, Fabio Teixeira de Lira, Klausberg dos Santos Amaral Sampaio, Lindemberg Costa Junior, Márcio César de Castro Aragão, Marco Antonio Goiabeira Torreão, Marco Antonio Goiabeira Torreão Filho, Raniely Araujo Silva Moraes, Renailson Pinheiro Silva e Samuel Saraiva Gomes Barroso.