Negócios

Fecomércio comemora 64 anos de atuação no Maranhão

Durante a comemoração, o presidente José Arteiro, anunciou a construção do Centro Comercial Fecomércio, em São Luís, além da ampliação dos serviços do Sesc e Senac, com a construção de novas unidades e reforma das instituições existentes

Ilustração do novo Centro Comercial que será inaugurado no bairro do Calhau

Completando 64 anos, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Maranhão (Fecomércio) representa as principais instituições no estado, em apoio à relação entre a classe patronal e os trabalhadores do comércio. A entidade vem expandindo sua atuação por meio Sistema Fecomércio, composto também pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

Durante encontro com a imprensa, realizado na manhã de ontem (28), o presidente do sistema Fecomércio, José Arteiro da Silva, aproveitou para ressaltar o papel da mídia na sociedade maranhense. “Eu diria que a imprensa é a base fundamental para divulgação das informações, não só com o papel de informar, mas para a propagação do conhecimento”, destacou.

O presidente da Fecomércio-MA agradeceu especialmente ao empresariado, que é quem mantém a Federação – o Sesc e o Senac – levando em consideração também o apoio da Federação Nacional do Comércio e das matrizes nacionais dos serviços, que têm ajudado a fortalecer o sistema dando o direito à população de se profissionalizar. “A Fecomércio está fazendo 64 anos e acredito que a entidade, a cada ano, vai se estender prestando mais serviços com investimento e ampliação do sistema”, constatou José Arteiro.

O representante do Senac apontou os avanços da entidade no estado com a ampliação dos serviços, com a construção de mais duas unidades nos municípios de Pinheiro e Santa Inês, além da reforma do prédio da Rua do Passeio, em São Luís. “No início de setembro lançaremos uma licitação para construção, adaptação, reforma e ampliação da unidade da Rua do Passeio. O Senac também adquiriu o antigo prédio da Federação do Comércio, onde será instalada uma unidade de tecnologia”, informou o diretor Regional do Senac, José Ahirton Batista Lopes.

De acordo com diretora Regional do Sesc, Maria dos Remédios Serra Pereira, à entidade cabe a contribuição por meio dos programas de educação, saúde e lazer. “O Sesc busca atender em saúde e nutrição e mensalmente distribui cerca de 50 mil refeições ao trabalhador. Na área de educação, a entidade tem cinco unidades e estamos expandindo o nosso trabalho com a construção de mais uma sede, em Imperatriz, assim como a ampliação das instituições existentes”, complementou.

No ano passado, a Federação do Comércio do Maranhão inaugurou a nova sede da entidade, reunindo também as administrações regionais do Sesc e do Senac no estado. O edifício Francisco Guimarães e Souza com 11 andares, localizado na Avenida dos Holandeses, oferece uma infraestrutura moderna para atender aos empresários do setor no Maranhão.

Fecomércio

Fecomércio-MA foi fundada em 26 de agosto de 1953 e reconhecida pelo Ministério do Trabalho com a expedição da Carta de Reconhecimento, em 18 de setembro do mesmo ano. A entidade nasceu a partir da iniciativa do Sindicato do Comércio Atacadista de Gêneros Alimentícios de São Luís, Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios de São Luís, Sindicato dos Lojistas do Comércio de São Luís, Sindicato do Comércio de Vendedores Ambulantes de São Luís e Sindicato de Hotéis e Similares de São Luís.

No ano de fundação, a Fecomércio-MA ocupou o primeiro andar do Edifício Palácio do Comércio, antigo Hotel Central, cedido pela Associação Comercial do Maranhão. Em 1980 foi inaugurada a primeira sede própria, localizada à Rua do Outeiro (Centro). Em 2016, a instituição se mudou para o atual sede, um edifício na Avenida dos Holandeses, que integra as administrações da Fecomércio, Sesc e Senac.

Espaço comercial

Outro projeto que, em breve, será consolidado pela Fecomércio com o objetivo de alcançar a sustentabilidade financeira da entidade, através da locação dos espaços, é o Centro Comercial, localizado na Avenida dos Holandeses, no Calhau, que possui mais de 9 mil m² de área construída e conta com seis pavimentos, 141 vagas de estacionamento dispostas, em espaço externo no térreo, e coberto, no subsolo, além de uma loja âncora de 1.500m², 11 lojas-satélites com mezanino e 34 salas comerciais.

O empreendimento terá ainda sobreloja com praça de alimentação de 260m², além de uma varanda de 155m² com vista panorâmica. Nesse espaço estarão até oito lanchonetes e mais sete salas comerciais. Já os dois últimos andares serão destinados, exclusivamente, às salas comerciais com áreas variando entre 38 e 68 m².

“Isso mostra o quanto a entidade está sedimentada e, em breve, será lançado esse Centro Comercial. A federação e todos os seu membros têm atingido o papel da entidade em buscar o fortalecimento das relações entre empregados e empregadores”, argumentou a diretora Regional do Sesc, Maria dos Remédios Serra Pereira. Ela destaca ainda o papel social dos braços da Federação, representados pelo Sesc e Senac. “As entidades oferecem a possibilidade de transformação e de melhoria de vida do empregado, atingindo também o propósito do empregador, pois a federação nasce com esse objetivo”, enaltece.