Em análise

Concurso público do DNIT está previsto para este ano

O pedido do orgão segue em análise no Ministério do Planejamento, mas a expectativa é que seja aprovado para cobrir o déficit de pessoal

Reprodução

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) protocolou pedido de concurso público, que segue em análise no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG). O pedido tramita na divisão de concursos desde janeiro deste ano.

A solicitação corresponde 367 oportunidades, quantidade de postos de trabalho que necessitam ser preenchidos com urgência. A expectativa é de que o concurso seja aprovado ainda este ano, já que o órgão conta com um grande déficit de pessoal, por conta de exonerações e pedidos de aposentadoria, o que prejudica a distribuição do serviço prestado à população.

Um documento de setembro de 2015 aponta que o departamento apresenta defasagem de 1.355 servidores, sendo 151 na carreira de analista administrativo, 109 na de infraestrutura de transportes, 1.087 na de suporte técnico de infraestrutura de transportes e oito na de técnico administrativo. As duas primeiras são de nível superior, já as demais destinam-se aos profissionais com ensino médio.

Se aceito, o pedido atual do DNIT contemplará 18 vagas para técnico administrativo, 119 para técnico de suporte em infraestrutura de transportes, 116 para analista administrativo e 114 para analista em infraestrutura de transportes.

As funções de técnico administrativo e técnico de suporte se destinam aos profissionais com ensino médio completo. Os salários oferecidos atualmente são de R$ 4.861,48 e R$ 4.330,90, respectivamente.

Para os cargos de analista administrativo e analista em infraestrutura será necessário possuir formação superior em áreas afins, acordo com a especificidade. São pagas remunerações respectivas de R$ 7.839,81 e R$ 9.645,01.

Um outro reforço para que as vagas sejam liberadas logo pelo Ministério do Planejamento é a tramitação, na Câmara dos Deputados, do Projeto de Lei 4.253, de autoria do Poder Executivo, que cria vagas para preenchimento por meio de concurso público para o Dnit.

Concurso anterior

Em novembro de 2012, o departamento lançou 1200 vagas para todas as regiões do país. Na ocasião, a banca organizadora foi a Escola de Administração Fazendária (Esaf) e os salários oferecidos ficaram entre R$ 2.507,30 a R$ 7.815,81.

Ensino médio completo foi um dos requisitos para concorrer às vagas de técnico administrativo (114) e técnico de suporte em infraestrutura de transportes no campo de estradas (604). Curso de nível técnico habilitou a participação nos empregos de técnico de laboratório (74) e técnico em topografia (89).

Profissionais com formação superior puderam se inscrever no cargo de analista em infraestrutura de transportes nas seguintes áreas: ambiental (25), geoprocessamento (7) e engenharia civil (147). A função de analista administrativo contou com chances na área contábil (35), tecnologia da informação (10) e administrativa (65).

A triagem do concurso do DNIT ocorreu por meio de duas provas objetivas, que foram aplicadas no dia 20 de janeiro de 2013, e uma avaliação discursiva. Todos os exames foram de caráter eletivo, eliminatório e classificatório.

MOSTRAR MAIS