Níveis médio e superior

Concurso do TRF 1ª Região deve ser aberto esta semana

Com cronograma finalizado e banca organizadora já definida, o concurso irá abrir 116 vagas para os cargos de técnico e analista judiciário

Reprodução

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (Concurso TRF 1) programa para os próximos dias a divulgação do edital de seu concurso público para carreiras de técnico e analista judiciário, de níveis médio e superior, respectivamente. Segundo a assessoria do tribunal, o cronograma já foi finalizado, o que já permite a publicação do documento de abertura.

Além da minuta publicada no Diário Oficial da União do dia 11 de agosto, o prazo de validade do último concurso expirou em dezembro do ano passado para o cargo de analista judiciário e em junho deste ano para o cargo de técnico, o que favorece à convocação imediata de um novo concurso.

De acordo com a minuta publicada através da Portaria Diges nº 126, a banca organizadora será o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). O contrato com a organizadora foi assinado no dia 8 de agosto. Ainda segundo a minuta, o concurso contará com 116 vagas para analista judiciário e técnico judiciário. Além disso, haverá formação de cadastro reserva, para contratação conforme necessidade. A taxa de inscrição custará entre R$70,00 e R$90,00.

O certame vai oferecer vagas para analista judiciário (nível superior) e técnico judiciário (nível médio), além da formação de cadastro reserva para a sede, que fica em Brasília/DF, e para os Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins. Os vencimentos são de R$ 9.736,27 (analista) e de R$ 5.934,16 (técnico).

As provas do concurso TRF 1 serão realizadas nas capitais dos estados que compõem a 1ª Região, e o candidato somente poderá realizar a prova em uma das cidades. Os candidatos serão submetidos a provas objetivas e discursivas de caráter eliminatório e classificatório.

Os candidatos serão avaliados por provas de Conhecimentos Gerais, Conhecimentos Específicos e Redação (somente para Analista). Haverá ainda, avaliação prática (somente para os cargos de Taquigrafia) e prova de capacidade física (somente par ao cargo de Segurança e Transporte).

O último concurso

O último concurso aconteceu em 2014, quando contou com 13 vagas, distribuídas da seguinte maneira: 4 vagas para o cargo de Técnico judiciário e 9 vagas para a ocupação de Analista.

Apesar do baixo número de vagas, o órgão convocou 1.122 aprovados. As oportunidades foram distribuídas para os Estados do Acre, Amapá, Bahia, Minas Gerais e Piauí. A Fundação Carlos Chagas (FCC) coordenou o concurso do TRF 1.

MOSTRAR MAIS