JEMs 2017

45ª edição dos Jogos Escolares tem inovações

Mais de 75 mil estudantes estão envolvidos nas etapas municipal e estadual; este ano, todos os atletas, dirigentes e organizadores que participam do evento, contam também com um seguro saúde

O tema da edição 2017 é "Esporte pela paz"

A tendência de crescimento da participação estudantil e de inovações  nas duas últimas edições dos Jogos Escolares Maranhenses (Jems) se mantém para 2017. Mais de 75 mil estudantes estão envolvidos nas etapas municipal e estadual; este ano, todos os atletas, dirigentes e organizadores que participam do evento, contam também um seguro saúde.

Criado para garantir a tranquilidade no período de realização dos jogos, o seguro amplia os serviços de saúde que já eram oferecidos pelo governo do estado. “Esse seguro cobre todo e qualquer despesa e intervenção médica necessária aos participantes dos jogos. Nunca tivemos nenhuma necessidade até hoje desse tipo, mas nos colocamos à frente, prevenindo caso precise e garantindo maior segurança e tranquilidade aos participantes”, explicou o diretor do Jems, Sandow Feques.

A instalação de clínicas de fisioterapia para os atletas, assistência médica com disponibilização de ambulância equipada com UTI e o suporte de profissionais como nutricionistas também serão mantidas. Além disso, os atletas contam com alojamento, três refeições diárias e transporte oferecidos pelo governo do estado. “Essa será a terceira edição com a garantia de tratamento estabelecida pelo próprio do governador Flávio Dino, que nos solicitou que os jovens atletas que vem do interior do estado tenham todo o apoio nutricional, conforto nos alojamentos, saúde, transporte, lazer e cultura em todos os dias da competição”, declarou o secretário de Esporte e Lazer, Márcio Jardim.

Crescimento

Promovido por meio da Secretaria de Esportes e Lazer (Sedel), esta é 45ª edição do JEMs e, pelo terceiro ano, os jogos apresentam crescimento no número de participantes. Desta vez, 114 municípios aderiram aos jogos, um recorde considerando que todos eles participaram das etapas municipais, regionais e agora nas estaduais. São mais de 1.500 escolas cujos atletas concorrem em 24 modalidades, que vão do atletismo à capoeira.

“Por meio dos JEMs, o governo promove o intercâmbio entre os atletas de todo estado, trocas de experiências e vivência esportiva e cultural. Tão fundamentais para suas formações. O cuidado com os jovens durante o JEMs também é a nossa forma de mostrar para os jovens que Estado reconhece o esforço e incentiva a continuidade e profissionalização de suas carreiras no esporte”, completa Jardim.

Cultura e lazer

Nos alojamentos que abrigam os atletas, a Rádio Jems é um dos atrativos que promove a descontração e interação entre os jovens. Outra iniciativa que será mantida nesta edição é a realização do ‘Agita Jems’, que inclui os passeios turísticos e culturais em São Luís.

“Muitas desses jovens nunca vieram para São Luís e é uma oportunidade de conheceram um pouco mais da história da cidade, visitando pontos turísticos como o Centro Histórico, o Palácio dos Leões, outros museus, e também participando de outras atividades, como jogos de futebol no Castelão. É uma oportunidade de crescimento e conhecimento para eles”, destacou o diretor Sandow Feques.

MOSTRAR MAIS