veja as fotos

Público lotou o arraial da Praça Nauro Machado ontem

Emoção misturada à alegria deram o tom à festança

Reprodução

O bailado contagiante do Boi Upaon Açu, do sotaque orquestra, garantiu o aquecimento das milhares de pessoas que foram prestigiar o Arraial Mestre Marcelino, na Praça Nauro Machado, na noite de sábado, 17. A atração marcou abertura da festa, movimentando o Centro Histórico da capital em mais um dia de programação junina do ‘São João de Todos’. Complementaram as atrações no arraial o Cacuriá de Dona Teté, um dos mais conhecidos deste estilo no Maranhão e que sempre atrai centenas para acompanhar o gingado e a música envolvente. A primeira canção prestou uma homenagem à criadora da brincadeira, Almerice da Silva Santos, mais conhecida como Dona Teté, que faleceu em dezembro de 2011, aos 87 anos.

“Para nós é sempre uma satisfação fazer parte desta que é uma das festas mais significativas e representantes do folclore maranhense, que é único e é muito especial para nós por homenagearmos essa mulher que contribuiu para que tudo isso aconteça”, disse a cantora Rosa Reis. Dona Teté era compositora e cantora, ganhadora do título honorável de ‘Dama da Cultura Popular Maranhense e conhecida pelo sua famosa brincadeira.

Emoção misturada à alegria deram o tom à festança. Veja as fotos.

MOSTRAR MAIS