Saúde

Unidade Mista do Maiobão é reativada

Funcionamento da unidade será reestabelecido no dia 22 de fevereiro

Reprodução

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), entregará no próximo dia 22 de fevereiro a reforma da Policlínica, onde está funcionando a Unidade Mista do Maiobão (UMM), localizada no município de Paço do Lumiar.

Os pacientes foram remanejados da sede da UMM para garantir a continuidade dos serviços de saúde. O antigo prédio da unidade está em fase de conclusão do projeto orçamentário pela Sinfra, para iniciar nova licitação prevista para o final de março.

A unidade presta os serviços de atenção à saúde de média complexidade, com atendimentos ambulatoriais, atividades assistenciais de urgência/emergência e assistência em regime de internação hospitalar nas especialidades clínica e pediátrica.

Ao todo, são 22 leitos, sendo cinco de observação, 11 de internação e seis pediátricos. Dentre as categorias profissionais estão os serviços de enfermagem, fisioterapia, serviço social, nutrição e farmácia. Além da realização dos exames de análises clínicas, ultrassonografia, Raio X e eletrocardiograma.

A antiga Policlínica tem área total de 900 m². Com a reforma para reativação da UMM, foram feitas novas salas nesse espaço, como a de sutura, emergência e estabilização, almoxarifado, farmácia, quatro consultórios, sala para procedimentos de ultrassonografia e Raio X, além de climatização e reforma dos banheiros.

Segundo a secretária adjunta de Engenharia e Manutenção da SES, Thaís Farias, o Governo formalizou contrato com a Policlínica, em 2016, para garantir que, enquanto a Unidade Mista está em processo de reforma, os pacientes tenham acesso aos mesmos serviços que funcionavam na sede da UMM.

“Essa foi uma alternativa viável para garantir a manutenção dos serviços. Porém avaliamos que a estrutura necessitava de adequações para oferecer a assistência com segurança, comodidade e conforto para os pacientes”, afirmou Thais Farias.

Reforço assistencial

Para intensificar a assistência à saúde na região, no ano passado, na ocasião dos surtos de casos de Zika, Dengue e Chikungunya, o Governo do Estado colocou à disposição da população o Hospital de Campanha, que durante os 60 dias de atividade, atendeu mais de seis mil pacientes.

A região é classificada como de alto a médio risco pelo último Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa). O serviço contou com uma equipe multidisciplinar, composta por médicos, clínicos gerais, enfermeiros, técnicos e auxiliares em enfermagem, tanto do município quanto do Estado, que atuaram juntos para garantir rapidez e qualidade na assistência aos pacientes.

Reforma da Unidade Mista do Maiobão

A obra do antigo prédio da Unidade Mista do Maiobão teve início em 2012, na gestão anterior, quando foi desativada e a população passou a ser atendida de forma precária e provisoriamente nas instalações da Policlínica.

Com a atual gestão, o Governo avaliou irregularidades na execução da obra, o que resultou na necessidade da elaboração de um terceiro projeto pela engenharia da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

“Avaliamos que a obra realizada na sede da Unidade Mista do Maiobão sofreu divergência no projeto que estava sendo executado para o que foi licitado. Com isso, a SES fez uma terceira intervenção no projeto técnico para adequar às reais necessidades de uma unidade desse porte”, explicou a secretária adjunta de Engenharia e Manutenção da SES, Thaís Farias.

Segundo a secretária adjunta de Obras Setoriais (SEAOS) da Sinfra, Leonara Gondim, está sendo feito o levantamento orçamentário da obra para abrir novo projeto de licitação. “Estamos concluindo até o projeto orçamentário para que seja aberto novo processo de licitação até o final do mês de março”, garantiu.

MOSTRAR MAIS