CORONAVÍRUS

No Maranhão

1621
30482
8064
911
Série D

Imperatriz mantém destaques do Estadual

Mantendo a base do time campeão maranhense, o Imperatriz começa sua preparação para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro com a expectativa de conseguir a classificação no Grupo A2

O presidente do clube, José Carneiro, acertou a permanência de praticamente toda equipe que disputou o Campeonato Maranhense, e espera assinar contrato com esses jogadores ainda nesta semana.
 
A diretoria confirmou os acertos com o lateral-direito Clayton Carioca, o zagueiro Clayton He-Man, os volantes Gualberto, Keulson e Otávio, além do meia Diego Valderrama e do atacante Júnior Chicão. Rubens, craque e artilheiro do Campeonato Maranhense, também acertou sua permanência no Cavalo de Aço.
 
Dos principais nomes da conquista apenas o goleiro Jean ainda não está acertado. O presidente confirmou o interesse no atleta, mas ainda precisa conseguir sua liberação com o Sampaio Corrêa.
 
O Imperatriz aproveitou o término das competições para o restante dos times maranhenses para contratar reforços para a competição. Do São José vieram os meias Juninho Pindaré e Shailisson. Do Moto Club, o goleiro Raniere, os zagueiros Rodolfo e Alisson e o atacante Rayllan. Por enquanto, a única contratação de fora do estado é o lateral-esquerdo Rômulo, que estava no Tiradentes, do Piauí.
 
O técnico Vinicius Saldanha deve se apresentar na cidade apenas na segunda-feira, e quer contar com um elenco de 26 jogadores, mesclando os já conhecidos da torcida de Imperatriz, com os novos reforços, completando com alguns atletas da base.
 
“Devo me apresentar em Imperatriz apenas na segunda. Os jogadores devem antes e assinar o contrato com o presidente. A lista hoje tem 23 nomes, mas temos que ver”, afirmou.
 
Vinicius também falou sobre o equilíbrio que deve marcar a disputa da Série D com todas as equipes brigando pelo acesso. O Imperatriz está no Grupo A2 juntamente com Santos-AP, Interporto-TO, Guarani-CE e River-PI.
 
“Todos os 40 participantes da Série D estão com expectativas muito altas, todos querem subir. Os Estaduais, que classificaram esses clubes, é uma 5ª divisão sem essa nomenclatura. Portanto todos os grupos são do mesmo nível e difíceis. Com um equilíbrio muito grande. A diferença vai estar no grau de investimento e também no comprometimento desses jogadores”, analisou.
VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias