Pressão

Tribunal Desportivo aperta o endividado Imperatriz

Cavalo de Aço não pagou dívida com a FMF e teve prazo de 72 horas, dado pelo TJD, para resolver a situação, caso contrário, seria impedido de entrar em campo no sábado

Time pode ser impedido de jogar se não pagar a dívidaPor causa de uma dívida insignificante (R$ 2.500) com a Federação Maranhense de Futebol desde o ínicio da temporada, o Imperatriz foi ameaçado de ficar impedido de entrar em campo, no próximo sábado, no Estádio Frei Epifânio, contra o Sampaio Corrêa, na decisão do Estadual. O clube da região tocantina havia firmado um acordo de parcelamento em dez vezes de R$ 250, mas pagou apenas a primeira e nunca mais deu satisfações à entidade, apesar de alertado sobre o risco de punição por parte do Tribunal de Justiça Desportiva.
No fim do expediente da FMF, na noite da última terça-feira, o presidente Antônio Américo tomou conhecimento de que o TJD dera um prazo de 72 horas para que o débito fosse pago, caso contrário o Cavalo de Aço estaria com suas atividades suspensas. De imediato, o dirigente federacionista entrou em contato com o presidente Feitosa, do Imperatriz, comunicando a decisão. Depois de uma boa conversa, ficou decidido que o valor será repassado logo após o jogo, acrescido da multa de R$ 5.000, imposta pelo Tribunal. O dinheiro será entregue a Américo, que vai estar presente ao estádio, assim como toda a diretoria da federação.
Roubo de ingressos
A Federação também revelou que um lote de 1.000 (mil)ingressos do jogo Imperatriz x Sampaio foi roubado na última terça-feira, do interior do carro do diretor de competições Antonio Henrique de Moraes Rego. Tudo aconteceu quando o dirigente parou em frente a um restaurante de São Luis, mas quando retornou, o veículo estava arrombado e vários pertences foram levados pelos ladrões.
Ao tomar conhecimento do fato, o presidente da Federaçao Maranhense de Futebol determinou o cancelamento de todos os demais ingressos e mandou confeccionar uma nova série, com formatos bem diferentes do anterior. O objetivo foi evitar uma confusão maior na entrada ao estádio, caso os ingressos roubados tenham sido vendidos. Hoje deve começar, oficialmente, a venda das entradas para o jogo deciviso do campeonato.
 
VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS