Confiança do empresário industrial permanece em queda no Maranhão

Apesar dos números caírem mensalmente, ICEI-MA ainda apresenta um quadro de confiança no estado

Reprodução

O Índice de Confiança do Empresário Industrial do Maranhão (ICEI-MA), pesquisa realizada mensalmente pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA) em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), registrou o terceiro declínio consecutivo em 2019.

O índice, que em janeiro deste ano marcou 65,3 pontos, acumulou uma queda de 7,4 pontos nos últimos três meses e encerrou abril com 54,9 pontos. Apesar das sucessivas quedas, o ICEI-MA ainda indica um quadro de confiança, mas os seus sucessivos decréscimos demonstram que ela está pouco disseminada.

A avaliação das condições da economia brasileira, Estado e empresas continuam negativas. O setor da indústria da construção civil fez as avaliações mais pessimistas, comparado à indústria de transformação e extração. Apesar do panorama negativo, as expectativas, no âmbito geral, estão elevadas (64,8). Destaque para a expectativa em relação às empresas, que registrou 65,4 pontos.

O ICEI é obtido a partir da ponderação dos resultados referentes às Condições Atuais e Expectativas dos empresários em relação à economia brasileira, o Estado e a empresa. Empresas da construção civil e indústrias extrativas e de transformação foram pesquisadas no período de 9 a 15 de abril de 2019.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias