NEGÓCIOS

Parceria com Banco da Amazônia promete investimentos no Maranhão

Governo do Maranhão assinou um Protocolo de Intenções com o banco que visa ampliar parcerias, desenvolver projetos estimular os negócios no estado.

Reprodução

O Governo do Maranhão assinou, nesta terça-feira (12) no Palácio dos Leões, um Protocolo de Intenções com o Banco da Amazônia para atuação compartilhada pelo desenvolvimento sustentável das classes produtoras. Este acordo visa também mobilizar e integrar os segmentos produtivos com fins a ampliar parcerias, desenvolver projetos e estimular os negócios.

O documento prevê, ainda, a realização de iniciativas para o fortalecimento econômico das cadeias produtivas.

“O Maranhão tem a possibilidade de participar dos financiamentos desta instituição, que impacta no setor privado e com este protocolo será dada a devida divulgação para que nossas empresas e empreendedores pequenos, médios e grandes possam ter acesso”, avaliou o governador Flávio Dino.

Quando se fortalece esses setores criando ambiente favorável para os negócios, todos ganham, ressalta o presidente do Banco da Amazônia, Valdecir Tose.

“Somos um banco de desenvolvimento e fomentos e esse protocolo reforça a importância de criarmos um ambiente propício para os negócios. E tudo depende da confiança que se tem na região e na economia”, disse. “Temos um turismo forte, logística adequada e um agronegócio em franco desenvolvimento. Ou seja, o Maranhão possui uma pluralidade de atividades econômicas que podem impulsioná-lo para o desenvolvimento”.

A parceria do governo com a instituição financeira é de grande importância por esse recurso somar no desenvolvimento das cadeias produtivas e implementar empreendimentos importantes para o Estado.

Protocolo de intenções

O Protocolo de Intenções vai contribuir para mobilização e integração das classes produtoras e demais parceiros institucionais para a aplicação dos recursos, em apoio ao desenvolvimento dos setores produtivos do Maranhão.

A implantação de ações conjuntas, contribuição ao desenvolvimento sustentável, iniciativa pela habilitação e promoção da cultura do empreendedorismo consciente são outras medidas a serem executadas a partir do documento.

Estimulando o empreendedorismo consciente, a iniciativa apoia as práticas produtivas sustentáveis por meio de negócios que venham gerar distribuição de renda.

O protocolo pretende, ainda, criar oportunidades de trabalho e promover a inclusão social. Totalizando 12 unidades no Maranhão, o Banco da Amazônia atende também o estado do Mato Grosso, no Centro-Oeste do país e toda a região Norte.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS