CORONAVÍRUS

No Maranhão

868
53508
25120
1285
DIA INTERNACIONAL DA BIODIVERSIDADE

Conheça os 10 animais mais esquisitos e em extinção do mundo

A data tem objetivo de conscientizar a população a respeito da importância da diversidade biológica e preservação

Reprodução

Hoje, dia 22 de maio, é celebrado o Dia Internacional da Biodiversidade. A data criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 22 de maio de 1992 tem o intuito conscientizar a população de todo o mundo a respeito importância da diversidade biológica e preservação da biodiversidade em todos os ecossistemas.

A data é uma homenagem ao dia da aprovação do texto final da Convenção da Diversidade Biológica, chamado “Nairobi Final Act of the Conference for the Adoption of the Agreed Text of the Convention on Biological Diversity”. Antes, o Dia Internacional da Biodiversidade era celebrado em 29 de dezembro, quando entrou em vigor a Convenção da Diversidade Biológica.

O Dia Internacional da Biodiversidade é ideal para a reflexão sobre os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), que tem com o propósito de estimular esforços para que, até 2030, todas as ações sejam aplicadas universalmente, e assim contribuam para o fim de todas as formas de pobreza, promovam a luta contra as desigualdades e combatam as alterações climáticas, assegurando que ninguém seja deixado para trás.

1. Vulneráveis

A Sociedade para a Preservação dos Animais Feios (Ugly Animal Preservation Society) organizou um concurso online, em parceria com a Associação Britânica de Ciência, para eleger os animais mais feios do mundo. Apesar do tom humorístico, a iniciativa, que ocorre todos os anos, busca chamar a atenção das pessoas para o risco de extinção de muitas destas espécies de “beleza incomum” e que são desconhecidas do grande público. Conheça nos próximos slides dez campeões da feiura que merecem o seu olhar.

2. Peixe-gota

O peixe-gota (Psychrolutes marcidus), uma espécie ameaçada de extinção que lembra um rosto humano de bochecha flácida e amargurado, foi eleito o animal mais feio do mundo. Este peixe, que vive no Oceano Pacífico, entre 600 e 1200 metros de profundidade, corre risco de extinção devido à pesca intensiva por arrasto.

3. Rato-toupeira-pelado

O rato-toupeira-pelado (Heterocephalus glaber) é um roedor encontrado na Somália, Etiópia central e no norte e leste do Quênia. Ele passa a maior parte da vida deixo da terra, nos buracos que cava com seus grandes dentes salientes. Estudos sugerem que esses ratos vivem mais que outros roedores e são resistentes ao câncer.

4. Rã do Titicaca

A rã do Lago Titicaca, localizado nas montanhas dos Andes, tem grandes dobras na pele que funcionam como brânquias, enquanto ela está debaixo d’água. Ela encontra-se em crítico risco de extinção, devido à destruição do seu habitat, poluição, introdução de espécies exóticas e mudanças de temperatura.

Próxima »1 / 2
VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias