CLIMA TENSO

Sessão do TJD é suspensa e recurso do MAC só será julgado dia 10

Presidente atleticano protesta e julgamento não chega a ser iniciado

Foto: Maranhão Esportes

O julgamento do recurso do MAC contra ato do vice-presidente de Competições da FMF, referente ao adiamento dos jogos contra o Cordino, pela fase semifinal da Série B do Campeonato Maranhense 2021 só acontecerá no próximo dia 10 de dezembro. A medida foi anunciada pela presidente do Tribunal de Justiça Desportiva, dra.

Márcia Ferreira, que suspendeu a sessão iniciada na tarde desta sexta-feira (26) devido a um tumulto ocorrido após levantamento de uma preliminar apresentada pelo clube impetrante do Mandado de Garantia seguido da defesa da entidade, representada pelo diretor-jurídico Márcio Biguá.

Segundo a dirigente máxima do TJD, tudo transcorria normalmente, quando o presidente do Maranhão Atlético Clube, Carlos Eduardo se insurgiu no auditório, afirmando que não estaria havendo seriedade naquele julgamento. “Ele proferiu palavras de baixo calão, após afirmar que aquilo que presenciava era uma palhaçada, etc”. Apesar da sessão ter sido suspensa por cinco minutos, na volta, o protesto continuou. Percebendo que não havia mais clima para continuar o julgamento, a presidência do tribunal decidiu parar tudo. “Ele não estava credenciado como advogado do clube, portanto, também não deveria se manifestar, principalmente daquela forma agressiva como se comportou”, disse a O IMPARCIAL a presidente do Tribunal de Justiça Desportiva.

A reportagem tentou ouvir a versão do presidente do MAC, Carlos Eduardo, mas não obteve êxito nos contatos.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias