DESISTÊNCIA

Natanael antecipa afastamento da presidência do Moto Club

Dirigente rubro-negro entrega o cargo ao presidente do Deliberativo

Foto: Divulgação

O presidente do Conselho Diretor do Moto Club, Natanael Junior, decidiu nesta quarta-feira (13) antecipar a entrega do cargo. Comunicado nesse sentido foi enviado ao presidente do Conselho Deliberativo, Luís Carlos Almeida, acrescentando que no dia da eleição apresentará a prestação de contas do biênio 2020/2021.

O afastamento de Natanael já havia sido anunciado desde agosto, quando ele alegou problemas de saúde provocados pela covid-19. Como o clube disputava a Série D do Brasileiro, o dirigente resolveu aguardar mais alguns dias e até mostrava-se disposto a continuar, porém desistiu. O pleito foi marcado esta semana para o dia 10 de novembro.

A antecipação da saída de Natanael foi motivada por desentendimentos com os jogadores e o presidente do Conselho Deliberativo. Na última segunda-feira (11), alegando salários atrasados, os atletas se recusaram a treinar e até ameaçaram só entrar em campo contra o Retrô-PE, caso o problema fosse solucionado.

Ao tomar conhecimento da atitude dos jogadores e a ameaça de paralisação dos treinos, Natanael decidiu publicar uma nota nas redes sociais, falando sobre as dificuldades financeiras que vinha enfrentando para administrar o clube, devido à falta de patrocínios relevantes e de arrecadações de bilheterias, consequência da pandemia do coronavírus.

“O Campeonato Brasileiro começou no dia 05 de junho de 2021, sendo que a preparação começou pelo menos 15 dias antes, portanto foram aproximadamente cinco meses entre campeonato e competição o que corresponde a praticamente cinco folhas salariais, pagamos três folhas para completas, tendo alguns jogadores com dois meses atrasados, outros com apenas um mês e outros que chegaram por último estão em dia”, esclareceu.

O dirigente também fez um resumo da receita e despesa dos últimos meses, juntando antecipação de parte dos recursos da Copa do Brasil e outras pequenas contribuições, reafirmando: “A conta é fácil. Será que R$ 270 mil dá para pagar cinco meses de folha e mais as despesas mensais do clube? O clube não arrecadou nada durante o Brasileiro em virtude da pandemia e como ter as contas equilibradas se o time não tem como arrecadar?”, interrogou.

Ao final, Natanael desafiou os jogadores a se ausentarem do jogo de ontem, afirmando que aqueles que assim se comportassem iriam ser responsabilizados na Justiça do Trabalho. Isso irritou ainda mais os profissionais. Somente com a presença do presidente do CD, Luís Carlos, no dia seguinte, o grupo decidiu voltar atrás.

Na manhã desta quarta-feira, porém, um áudio foi publicado na rede social, mostrando a reação de Natanael à ida de Luís Carlos ao Centro de Treinamento Pereira dos Santos. Em um áudio, Natanael diz que Luís Carlos nunca contribuiu com nada nos últimos anos, e que iria negociar com os atletas, mas agora, já que o presidente do CD conta com o apoio de um deputado, que assuma os débitos: “O senhor não é o pagão, não vai resolver tudo?. Então assuma”, sugeriu.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias