CORONAVÍRUS

No Maranhão

1534
220453
205264
5095
ESPORTE

Moto terá reforços para o jogo decisivo da pré-copa nordeste

O representante maranhense terá pelo menos 18 dias para regularizar os profissionais que estão treinando e não tiveram suas inscrições confirmadas no BID da CBF

Reprodução

O empate (sem gols) diante do CSA, na noite da última terça-feira, no Estádio Nhozinho Santos, pela Pré-Copa do Nordeste, não chegou a ser considerado um resultado ruim por dirigentes, torcedores e comissão técnica do Moto Club. Agora, o representante maranhense terá pelo menos 18 dias para regularizar os profissionais que estão treinando e não tiveram suas inscrições confirmadas no BID da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) além de outros atletas que estavam machucados e não figuraram no banco de reservas.  O clube está tratando da vinda de outros reforços para posições mais carentes nos três setores, defesa, meio e ataque.

Em caso de  haver um outro empate, por ocasião da segunda partida que está marcada para às 21h30 do dia 26, em Maceió, o vencedor será conhecido por meio de cobranças livres direto da marca penal.

As negociações para vinda dos reforços estão sendo feitas pelo técnico Marcinho Guerreiro, que também foi o responsável pela indicação da maioria dos atletas que se juntaram ao grupo que esteve em ação no Municipal. Os nomes dos próximos contratados ainda não foram divulgados.

A diretoria rubro-negra entende que com mais três peças de boa qualidade técnica será possível encarar o CSA e conseguir a classificação para a fase de grupos. O investimento poderá  ter bom retorno financeiro, devido aos valores das cotas estabelecidas.

O Papão já começa a se preparar para o jogo decisivo. Com pouco tempo que teve para treinar e  desfalcado de alguns titulares diante do CSA, mesmo assim, o time não decepcionou. Esta foi a opinião geral.

“Foi um jogo muito difícil porque tivemos pouco tempo de trabalho, menos de oito dias. Parece até brincadeira  estar falando isso, mas a equipe está de parabéns, pois enfrentamos um grande adversário, que joga na Série B do Brasileiro”, analisou o experiente meia Cleitinho.

Quem dificilmente permanecerá na equipe é o apoiador Abu, que apesar de ter sido noticiado como titular do jogo com os alagoanos, não foi escalado pois tem propostas de um outro clube local para disputar a Série A do Campeonato Maranhense. A Copa do Nordeste será composta por nove estados da região, porém a seleção dos participantes é  diferente. O torneio terá a participação de 20 equipes, sendo 12 classificadas diretamente para fase de grupos e oito nesta fase preliminar em mata-mata, que dará quatro vagas na fase de grupos. Os valores da fase principal foram divididos em quatro categorias (a partir do Ranking da CBF): 1) R$ 2,2 milhões; 2) R$ 1,7 mi; 3) R$ 1,5 mi; 4) R$ 775 mil.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias