FUTEBOL

Após eliminação do estadual, Sérgio Frota promete Sampaio fortalecido

A surpreendente eliminação do Sampaio Corrêa no Campeonato Estadual deixou presidente Sérgio Frota descontente, mas reconhecendo que o time necessita ser reforçado para disputas do Campeonato Brasileiro

Foto: Reprodução

A surpreendente eliminação do Sampaio Corrêa no Campeonato Estadual deixou o presidente Sérgio Frota descontente, mas reconhecendo que o time necessita ser reforçado para as disputas do Campeonato Brasileiro.

Em declarações ao site oficial do clube – não respondeu a nosso pedido de entrevista -, Sérgio Frota lamentou: “O Estadual tem a sua importância histórica, e claro que eu queria colocar mais essa estrela no peito. Não é o presente que idealizava, pois neste 5 de março completei mais um ano de vida, mas, infelizmente, caímos de forma antecipada. O fato de disputar três competições simultâneas nos obrigou a priorizar as mais rentáveis. Isso desgastou o nosso elenco, que é reduzido, no momento, e nos custou a eliminação”, observou.

Reforços

O presidente reconhece a necessidade de reforços, e garante uma equipe competitiva para a disputa da Série B: “Sei que necessitamos de peças, mas começamos o ano no vermelho, e montamos um time que estava a nosso alcance. Não poderia assumir compromissos que não teria condições de arcar. Mas estamos trabalhando, fazendo contatos, à espera do fim dos estaduais para reforçar o grupo e montar um time para fazer um grande Campeonato Brasileiro”.

Calendário

A eliminação no Estadual causou algumas incertezas, principalmente referente ao calendário 2019, mas Frota faz observações relevantes quanto a essa questão: “Apesar de extremamente deficitário, o Campeonato Estadual é a porta de entrada para a disputa de torneios importantes. Estamos fora do Maranhense, mas a nossa posição no ranking já nos garante na pré-Copa do Nordeste, em confronto único, que temos totais condições de passar, e somos o 39º no ranking nacional, com possibilidade crescimento. Pelos critérios, podemos, sim, participar da próxima Copa do Brasil, assim como o Londrina, 40º no ranking deste ano, participou. Então, é doída essa eliminação, mas não é o fim do mundo. Estamos bem em outras competições e vamos nos manter firmes, sem perder o foco, para termos um 2018 de muitas conquistas”, frisou o presidente Tricolor.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS