CAMPEONATO MARANHENSE

Moto enfrenta Cordino neste domingo

Moto Club encara o Cordino, no Estádio Leandro Silva, em Barra do Corda, e precisa vencer para continuar com chances de classificação para a próxima fase do Campeonato Maranhense

Necessitando da vitória para continuar na zona de classificação para a próxima fase do Campeonato Maranhense, o Moto Club tem um jogo difícil no Estádio Leandrão, onde o enfrenta o Cordino, às 15h45.

Com cinco pontos ganhos, o Rubro-Negro pode chegar a oito. Como Sampaio e Maranhão atuaram ontem contra Imperatriz e Bacabal, respectivamente, após o fechamento desta edição, hoje o técnico Marcinho tem o privilégio de colocar em ação um esquema tático de acordo com as necessidades do resultado.

Desfalques

O maior problema do Papão é que não poderá contar com todos os titulares. Na defesa, o lateral-direito Diego Renan permanece no Departamento Médico e o zagueiro Betão também se lesionou durante os treinamentos da semana. Wesley continuará improvisado na lateral e Bruno Lopes deverá fazer sua estreia na zaga central. Outra mudança ocorrerá na lateral esquerda, onde sai Carioca e Pedro Júnior, liberado pelo departamento médico, faz sua estreia.

No meio-campo, Rafael Santos cumpre suspensão automática e Vitor Salvador é mais um que vai estrear. No lugar de André Mensalão, entra Jaílson, pois Lucas Bacelar que seria o substituto, voltou a se lesionar. A novidade será a presença de Val Barreto no comando do ataque.

Entrevistado sobre os problemas enfrentados pelo clube no momento, notadamente os de ordem financeira, o goleiro Rodrigo Ramos aliviou: “O problema existe, mas temos um grupo de profissionais responsáveis e compromissados. Vamos a campo cumprir a nossa parte”. A provável formação: Rodrigo Ramos; Wesley, Bruno Lopes, Wanderson e Pedro Júnior; Vítor Salvador, Bruno Menezes, Everlan e Jaílson; Ricardo Maranhão e Val Barreto.

Volta de Marlon

O Cordino costuma ser um time difícil de ser batido em seus domínios. Neste início de temporada, no entanto, a equipe foi bastante prejudicada por ficar impedida de atuar em sua casa, porque parte do muro do estádio desabou e demorou para ser recuperado. Daí, a eliminação na Copa do Nordeste e o prejuízo financeiro por não passar de fase. Agora, no Estadual, com a ajuda da torcida e o retorno do técnico Marlon Alves, a Onça quer voltar a ser valente e forte para lutar por uma classificação para a fase semifinal do campeonato. A equipe que entra em campo não foi divulgada oficialmente até ontem pela manhã, mas, ao contrário do Moto, não sofrerá muitas modificações.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS