BOA SORTE

Maranhense busca ouro nos 10 km do XTerra

Ele já ganhou medalha de ouro no Desafio Serra dos Matões, 2° lugar em sua categoria no Desafio das Estrelas, em Brasília, 2º em Ubatuba-SP, entre outros

Foto: Reprodução

No Nordeste do país, mais precisamente em São Luís do Maranhão, vive o oficial da Força Aérea Brasileira, Orfileno Bezerra, o popular Leno. Respeitado na cidade natal, o militar é mais famoso por seus feitos extraquartel, que incluem medalha de ouro no Desafio Serra dos Matões, no Piauí, 3° lugar geral na Trail dos Ambrósios, no Paraná, 2° lugar em sua categoria no Desafio das Estrelas, em Brasília, 2° lugar na Série Ubatuba, em São Paulo, entre outros.

O obstinado, Leno sempre gostou de viajar e participar de provas esportivas, independentemente se tinha companhia ou não. Para ele, o mais importante é saciar a vontade de seu corpo e sua mente, que estão sempre em harmonia e lhe rendem boas performances. Tanto empenho é elogiado por sua esposa Cristiana, com quem está há 10 anos e tem dois filhos. A paixão é tanta que o fez criar um grupo de corredores de fins de semana, o Amigos da Corrida SLZ (@amigosdacorridaslz). “O Leno é empenhado, tem muita força de vontade, gosta muito do que faz e de motivar outras pessoas”, garante Cristiane.

O começo

A história de Leno no esporte começou cedo, ainda aos 16 anos, quando iniciou os treinamentos na ginástica olímpica e logo migrou para a natação, até que recebeu um conselho de seu professor à época, o Chitão. Para o mestre, o esporte que renderia sucesso e prazer completo de seu aluno seria o atletismo. Sábia dica! Dali em diante o maranhense não parou mais de correr, principalmente longe de seu estado. Começou se aventurando em corridas de rua e até praticava triathlon, mas foi ao acaso que descobriu seu maior amor esportivo, o XTerra.

“Foi em 2012, eu tinha ido ao banheiro e peguei uma revista O2 para folhear. Foi ali que vi um anúncio do XTerra Camp Juiz de Fora e me encantei com a foto. Então, avisei à mulher que ia para Minas Gerais para correr em um evento novo, diferente dos que eu era acostumado. Fiz a inscrição para a Short Trail Run, fui sozinho e tive um desempenho péssimo, cheguei em 184° lugar no geral, mas adorei o clima do festival, é algo mais família, a entrega de kits não é feita em um prédio como outros eventos urbanos, aquela coisa mais fechada. Aí, em 2013, eu corri no Endurance de Costa Verde, fiz amigos novos, foi uma das melhores provas da minha vida”, assume Leno, de 36 anos.

Desafiando a distância

Sair de São Luís, viajar mais 3.000 km para desembarcar no Rio de Janeiro, depois ainda pegar ônibus para Mangaratiba (mais 110 km) pode parecer algo extremamente desgastante para qualquer um, porém, Leno discorda em palavras e em atitude, já que se inscreveu para a inédita Aquathlon (1 km de natação e 5 km de corrida) e para a Short Trail Run (10 km), que serão disputadas nos dias 10 e 11 de março respectivamente.

“Não tem isso de cansaço! Eu amo o XTerra e praticar esportes podendo aproveitar a natureza, curtir aquelas paisagens sensacionais é algo totalmente diferente. Vou fazer duas provas em dias diferentes, claro, mas vou para fazer meu melhor, sem pretensão de vencer ou subir no pódio porque já estou numa fase mais ‘light’, quero aproveitar ao máximo a viagem e o ambiente. A criação do Aquathlon foi perfeita para economizar um pouco já que transportar uma bicicleta não é barato e nem fácil, então ajudou na logística também”, declara Leno, que já correu em mais de 10 estados brasileiros.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS