LUTO

Morre Professor Pinheiro, ícone do Handebol Maranhense

O professor não resistiu às paradas cardíacas, e veio a falecer no Hospital São Domingos na manhã desta terça-feira, 2

Foto: Reprodução

Um dos maiores nomes do handebol maranhense, José Pinheiro Silva, faleceu na manhã de ontem no Hospital São Domingos, em decorrência da falência múltipla de órgãos ocasionada por duas paradas cardíacas. Pinheirinho, como era conhecido, foi presidente da Federação Maranhense de Handebol durante 12 anos e ajudou a desenvolver o esporte por todo o estado. O velório ocorreu na noite de ontem na Pax, no Centro, e as 10h foi enterrado no cemitério Jardim da Paz.

Pinheiro foi um dos principais admiradores dos Jogos Escolares Maranhenses, dirigindo o Colégio Dom Bosco, Luis Viana e Alberto Pinheiro. Pelo primeiro, conquistou vários títulos no JEMs durante sua carreira.

Durante seus anos dedicados ao handebol, foi o responsável pela montagem de diversas gerações da Seleção Maranhense que disputou competições nacionais. A revelação de talentos também era um ponto forte do Professor Pinheiro.

Professor Pinheiro Foto: Reprodução

Até o começo de 2017, o Professor Pinheiro era o comandante da modalidade tanto no feminino quanto no masculino do Moto Club. Mas, por conta de sua doença, acabou tendo que se afastar das suas funções.

“A comunidade esportiva lamenta demais a morte de José Pinheiro Silva, que deixou sua marca como um dos grandes professores de handebol do Maranhão. Ele deixa uma lacuna grande, porque era uma pessoa que foi por 12 anos presidente da FMH”, afirmou Eduardo Teles, também professor de handebol.

Após a morte, a Secretaria do Estado de Esporte e Lazer (Sedel), manifestou pesar pela morte do professor. Políticos também publicaram nota de pesar pela perda.  Em nota, o Professor Sá Marques ressaltou a importância de José Pinheiro para o fomento do Handebol no Maranhão, e a trajetória internacional do atleta.

MOSTRAR MAIS