FUTEBOL

Atacante maranhense vira moeda de troca para o Corinthians

Fora do banco contra o PSV, Lucca, atacante maranhense do Corinthians, recebe promessa de Fábio Carille de que jogará amanhã pela Flórida Cup

Foto: Reprodução

De volta ao Corinthians em 2018, o atacante Lucca não jogou um minuto sequer no empate por 1 a 1 com o PSV, na quarta-feira, em Orlando, pelo Torneio da Flórida.

Apesar de fazer parte do elenco alvinegro na pré-temporada, Lucca ainda é alvo de sondagens e possíveis trocas do Corinthians no mercado. Essa condição, porém, deixa o atacante insatisfeito – ele quer ter chances para brilhar na equipe. “Para ser sincero, não fico satisfeito com isso, não. Procuro estar sempre evoluindo, creio que não estou satisfeito com essa situação, de ser moeda de troca, até porque tenho meu valor. Esse assunto é um pouco chato para mim, não gosto, não fico feliz com isso. Às vezes o pessoal fala, e tenho de saber lidar com essa situação. Mas não fico nem um pouco satisfeito ouvindo essas conversas” afirmou Lucca.

O atacante disse também que teve uma conversa com Fábio Carille após o retorno de empréstimo da Ponte Preta, clube pelo qual brilhou no Brasileirão de 2017. “Pela conversa que tivemos, vou continuar, mas… Não sei, né? Tivemos uma conversa bem franca, eu e o professor Carille. Muita gente diz que temos algum problema, mas nunca tivemos problema algum, sempre respeitei o trabalho dele, ele sempre respeita o meu. Foi opção dele mesmo, coisa normal do futebol, às vezes o treinador opta por outros jogadores e temos de esperar a oportunidade”, analisou.

Questionado sobre Lucca, Carille avisou que vai dar oportunidade a ele no jogo deste sábado contra o Rangers, às 16h (de Brasília), em Orlando, na despedida do Corinthians dos EUA. “Tive a conversa com o Lucca, sim. Ele está nos planos, tem contrato, sabe disso, e no jogo de sábado vai jogar 45 minutos. É bom se sentir incomodado (por não jogar). Ele fez um ano maravilhoso em 2017 e faz parte dos planos, sim”, destacou o comandante.

MOSTRAR MAIS