CORONAVÍRUS

No Maranhão

946
337116
291803
9636
CULTURA

Mostra gratuita de cinema reúne filmes que retratam a cultura do São João no Maranhão

Guriatã, filme sobre o maior cantador de bumba meu boi do Maranhão, é um dos destaques da Mostra Equiô.

Foto: Reprodução

Durante os dias 24 e 30 de junho, o Governo do Maranhão vai realizar a primeira Mostra Equiô de Cinema virtual, que acontece em alusão ao São João. Esta é uma iniciativa da Secretaria de Comunicação do Estado, em parceria com diretores e realizadores de cinema. Os filmes estarão disponíveis, por tempo limitado, no YouTube oficial do governo.

São três curtas, quatro média-metragens e um longa, que vão falar sobre as brincadeiras tradicionais, como bumba-meu-boi e o tambor de crioula. Esta mostra foi idealizada pelo jornalista Saulo Marino e tem curadoria da pesquisadora de cinema e servidora da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Nadia Biondo. 

“Estávamos na redação discutindo algumas ações para o São João quando pensei no filme da Marise Farias (‘Sotaque – Encontro da Baixada’, que fará parte da Mostra), que assisti no festival Maranhão na Tela, em 2018. Eu sempre quis indicar esse documentário para quem não é do estado, mas o filme não estava disponível em lugar nenhum. Então sugeri uma mostra de cinema, virtual por causa da pandemia, mas com suas vantagens, possibilitando, por exemplo, divulgar a cultura local para quem nunca esteve em São Luís. E, quem sabe, numa eventual próxima edição, quando os cinemas voltarem a funcionar, ela se torne uma mostra presencial!?”, comentou o jornalista, paulista radicado no Maranhão há quase três anos. 

Com a ideia aprovada, conta o jornalista, o segundo passo foi convidar Nadia para ser a curadora. “Olha! Não sei se foi “tortura” ou felicidade ser a responsável por selecionar os filmes num momento desses [de pandemia], principalmente com as cores da rua e da madrugada que os brincantes de bumba-boi trazem, deu até para sentir o cheiro da festa! O coração ficou apertado e o olho marejado”, graceja a pesquisadora. 

Ainda segundo Nadia, a escolha dos filmes, “além da contribuição estética e de linguagem”, está alinhada com o objetivo da mostra, que é trazer ao espectador o sentimento que “pulsa em todos os maranhenses nessa época do ano”. 

“Por meio das imagens, dos depoimentos e da troca entre os integrantes e brincantes do boi que todos os filmes carregam, a mostra pretende despertar as lembranças que estão guardadas nas pessoas, de quando elas acompanham os festejos juninos e, com isso, amenizar a saudade desse segundo ano sem a festa na rua, dos encontros, realizações, promessas e agradecimentos. E, claro, pedindo aos nossos quatro santos que nos guiem, que a população seja vacinada para que, no ano que vem, a brincadeira possa voltar”, completa. 

Mostra Equiô de Cinema 

Quando:24 a 30 de junho de 2021
Onde:youtube.com/GovernoMA 
Programação: Sotaque – Encontro da Baixada (2017), de Marise Farias 
Guriatã (2018), de Renata Amaral 
Caboclo de Pena (2019), de Paula Porta, Calu Zabel e Gabriel Gutierrez 
Tambor de crioula (1976), de Murilo Santos 
O auto do Bumba boi da Fé em Deus (1998), de Murilo Santos 
Fragmentos do Bumba Meu Boi de Buriti Bravo em 1974 (2021), de Murilo Santos 
Brincando na Floresta (2015), de Giselle Bossard É de Zabumba (2015), Luciana de Carvalho
VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias