CORONAVÍRUS

No Maranhão

935
1
88
1
CARNAVAL

Os temas das escolas de samba

O segundo e último dia dos desfiles das escolas de samba da Grande São Luís continuam nesta segunda-feira gorda de carnaval

Reprodução

Neste segundo dia dos desfiles das escolas de samba de São Luís, agremiações se preparam para levar para a passarela do Anel Viário desfiles que possam conquistar público e principalmente os jurados para a conquista do carnaval de 2020.  Nesta segunda-feira, 24, os desfiles começam com a escola Terrestre do Samba, às 22h, seguida do Túnel do Sacavém, Império Serrano, Marambaia do Samba, e a Flor do Samba encerrando o desfile das escolas de samba de passarela do carnaval de 2020.

O medo

A escola Terrestre do Samba vem com o enredo “Medo eu tenho e você?”, composição de Luzian Filho que fala dos medos, superstições, fazendo uma crítica à política brasileira. A Terrestre do Samba foi fundada em 1958 e é da Estiva (Zona rural de São Luís). Em 2018 homenageou os 50 anos do bairro Anjo da Guarda, e no ano passado ficou em décimo lugar com o enredo “Amazonas em Busca do Eldorado”.

A Balaiada

Com o enredo “A Túnel do Sacavém vem cantar a Balaiada no Maranhão”, a escola do bairro do Sacavém faz sua crítica ao período da história do Maranhão que culminou com uma revolta no século XIX,  reflexo das convulsões sociais e políticas que atingiram o Brasil no turbulento momento que vai da independência do Brasil à proclamação da República.

Guriatã

Império Serrano – “O Império de um Guriatã: Humberto de Maracanã na Poética da Encantaria”, tema do carnavalesco Wilson Bozó, composição de Carlos Boniek, Dinho Berg e Hilberto Mendes.

Outros temas e programação do carnaval

Folclore – Unindo força, tradição e amor pelo bairro onde nasceu, o Bairro de Fátima, escola a Marambaia do Samba vai falar este ano sobre folclore, as crenças populares, as lendas, as danças, culinária, danças  e as manifestações culturais brasileiras,  em um desfile com 1.500 componentes distribuídos em 15 alas, 4 alegorias, 1 tripé e pelo menos  1500 componentes.

Cultura popular, culinária, Para Tânia Regina, secretária da escola, não será fácil conquistar o bicampeonato, mas a união da comunidade  tira qualquer desânimo. “Vamos tentar chegar lá, mas sabemos que não é fácil. Mas se Deus assim permitir, vamos sim buscar o bicampeonato”.

A Marambaia conquistou o primeiro título, em 65 anos de atividade, em 2018 com o  enredo “Nordeste Brasileiro”, assinado pelo carnavalesco Dennys Melodia.

Patrimônio

A Flor do Samba, que será a última a se apresentar no segundo dia de desfiles, vai cantar na Passarela do Samba o enredo “Tradição, Devoção e Alegria, a Flor canta as festas patrimônio cultural imaterial do Brasil”, do carnavalesco Ítalo Fonseca, com composição e de Alisson Ribeiro, Eulálio Figueiredo e Renato Guimaraes. Segundo a organização, o desfile terá pelo menos 2 mil integrantes e vai contar com 4 alegorias e 12 tripés para apresentar patrimônios como bumba-meu-boi, boi de Paritins, frevo, Círio de Nazaré, tambor de crioula, entre outros.

Vice-campeã   do carnaval de 2019 com o enredo “Viva essa energia”, a Flor do Samba, do bairro do Desterro, é a segunda escola de samba mais antiga de São Luís, com 80 anos. É detentora de muitos títulos e sambas de enredo memoráveis, dentre eles, “Haja Deus”, que na verdade se chama “Maranhão, Festas, Lendas e Mistérios”,composição de Chico da Ladeira.

Foi a Flor do Samba que iniciou o processo de modernização dos desfiles das escolas de samba locais, como introdução de enredo, comissão de frente, alegorias e samba de enredo, e instrumentos de nylon na bateria, sendo a primeira campeã no carnaval de 1974, com o enredo “Primaveras”.

Programação dia 24/02 – Segunda-feira

  • A partir das 18 horas, na Tenda do Tambor
  • Tambor de Crioula Proteção Mirim II
  • Tambor de Crioula Tapera
  • Tambor de Crioula Um Canto de Amor a São Luís

Desfile dos Blocos Organizados

  • 19h00 às 19h15 – Mocidade de Fátima
  • 19h20 às 19h35 – Canto Quente
  • 19h40 às 19h55 – Unidos da Vila Embratel II
  • 20h00 às 20h15 – Pau Brasil
  • 20h20 às 20h35 – Turma do Saco
  • 20h40 às 20h55 – Dragões da Madre Deus

Desfile das Turmas de Samba

  • 21h00 às 21h15 – Ritmistas de São José de Ribamar
  • 21h20 às 21h35 – Vinagreira do Samba

Desfile das Escolas de Samba

  • 22h às 23h – Terrestre do Samba
  • 23h10 às 00h10 – Túnel do Sacavém
  • 00h20 às 01h20 –Império Serrano
  • 01h30 às 02h30 – Marambaia
  • 02h40 às 03h40 – Flor do Samba

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias