CORONAVÍRUS

No Maranhão

1026
26145
6664
853
SÉRIE

“Sex education” volta mais apimentada

Novos estudantes serão apresentados nos oito episódios que estão por vir

Reprodução

Os dilemas sociais e sexuais de Otis Milburn (Asa Butterfield) estarão de volta à Netflix a partir de 17 de janeiro, quando estreia a segunda temporada de Sex education. Além dos preciosos conselhos da mãe, a terapeuta sexual Jean, papel de Gillian Anderson – a eterna Dana Scully de Arquivo X, o adolescente continua contando com a parceria do melhor amigo, Eric (Ncuti Gatwa), em suas aventuras e descobertas.

A perda da virgindade e a paixão platônica pela destemida Maeve (Emma Mackey) permanecem no foco de Otis. Porém, agora surge um novo interesse amoroso: a espirituosa Ola (Patricia Allison). O fato de o estudante ter uma mãe com tamanha expertise não necessariamente se converte em vantagem. Isso porque se mantém o descompasso entre os dois – ela, liberal demais; ele, tímido ao extremo, além dos ruídos de comunicação que afligem gerações diferentes.

Para colocar mais lenha na fogueira do caos sexual, a escola onde Otis, Eric e Maeve estudam, na cidade fictícia de Moordale, é assolada por um surto de clamídia.

Vale destacar a trama passional que se iniciou na primeira temporada entre Eric e o brutamontes Adam (Connor Swindells) – que, na segunda fase, é transferido para uma escola militar. Como os sentimentos dos dois vão seguir nesta etapa da série?

Para apimentar ainda mais o inteligente roteiro de Sex education, novos estudantes serão apresentados nos oito episódios que estão por vir.

“Há muito sexo na segunda temporada, mas minha personagem, Jean, só transa uma vez”, adiantou Gillian Anderson, em recente entrevista ao site americano The Wrap, especializado na indústria do entretenimento. De acordo com a atriz, cenas assim são difíceis e essa é a principal diferença entre ela e a personagem.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias