CONSCIÊNCIA NEGRA

Cultura e resistência marcarão VI Mostra Quilombola de São Luís

O evento gratuito ressaltará, com apresentações culturais, oficinas e diálogo, a importância da cultura negra para o Maranhão

Tambor de Crioula foto: Douglas Junior/MTur

Retratando o mês da consciência negra, comunidades de Anajatuba, Itapecuru Mirim e Santa Rita se juntam para promover a VI Mostra Cultural Quilombola em São Luís, que acontecerá gratuitamente nos dias 29 e 30 de novembro, quinta e sexta-feira, na Casa do Tambor de Crioula, Casa do Maranhão e Centro Cultural da Vale.

A programação do evento conta com apresentações de tambor e berimbau, oficinas de troque de caixa e de tranças, rodas de conversas sobre a luta e os direitos da população negra e várias outras atividades que ressaltam a importância da cultura quilombola.

Confira a programação completa desta edição da Mostra Cultural Quilombola:

Dia 29.11

Casa do Maranhão

09h30 às 10h30 – Abertura/Mesa com convidados

10h40 às 11h30 – Palestra “Juventude Negra Rural Quilombola Sonhos e Perspectivas”

11h40 às 12h20 – Apresentação Cultural dos Jovens Quilombolas

13h30 às 14h30 – Seminário de Educação e Juventudes Negras Quilombolas Rurais e Urbanas (SEIR, SEJUV e Mapa Educação)

14h às 18h – Feira / exposição

14h30 às 16h20 – Oficina de Prática e Saberes Quilombolas: Toque de Caixa do Divino Espírito Santo

15h às 16h20 – Tambor de Crioula e Dança do Carimbó (comunidades quilombolas Pedrinhas Clube de Mães e Oiteiro dos Nogueiras)

16h30 – Cortejo cultural da Casa do Maranhão à Casa do Tambor de Crioula do Maranhão Centro Cultura Vale Maranhão

15h às 17h – Visita à exposição AFRICANA: o diálogo das formas

Casa do Tambor de Crioula

17h30 – Tambor dos Crioulos com Punga dos Homens do Quilombo Quebra

Dia 30.11

Casa do Maranhão

13h30 às 14h30 – Mesa de Abertura- Roda de Conversa “Juventude Negra, Direitos e Identidade”

14h40 às 16h – Tambor de Crioula com Punga das Mulheres e Boizinho de Cofo (comunidade quilombola Vila Fé em Deus)

16h às 17h – Apresentação do Inventário de Referências Culturais Quilombolas (nove comunidades com relacionamento Vale)

17h10 às 18h – Roda de Conversa sobre Saúde nos Quilombos (SEIR E SES)

16h10 às 17h – Oficina de trançado afro em cabelo

17h10 às 18h – Oficina de artesanato com palha de palmeira de babaçu (Pedrinhas Clube de Mães)

18h às 19h – Apresentação da Orquestra de Berimbau (comunidades quilombolas) sob a coordenação de Mestre Bamba

Centro Cultural Vale Maranhão

15h às 16h – Visita à exposição AFRICANA: o diálogo das formas

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias