RECONHECIMENTO

Escolas maranhenses são destaque no Prêmio Nacional de Educação Empreendedora do Sebrae

o prêmio reconhece iniciativas para a valorização dos professores que desenvolvem projetos que estimulam as características empreendedoras.

IFMA conquista o 1º lugar, na categoria Técnico Profissionalizante. (Foto: Divulgação/UMC Sebrae)

O Maranhão foi destaque na etapa final do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora. A premiação que identifica e reconhece as melhores práticas da educação empreendedora no Brasil, aconteceu nessa quinta-feira (12), em São Paulo, no Congresso Bett Brasil, evento referência em educação e tecnologia na América Latina. 

“O Sebrae entende a importância do Prêmio, reconhecendo a necessidade de valorizar práticas educacionais que tenham o foco no desenvolvimento de competências, que tornam o sujeito capaz de criar valor para o mundo à sua volta, integrando-as à construção de projetos de vida e estimulando o desenvolvimento integral dos estudantes”, afirma o diretor técnico do Sebrae Maranhão, Mauro Borralho.  

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) ficou com o 1º lugar, na categoria Técnico Profissionalizante. Já 2º lugar, na categoria Ensino Médio, ficou com Centro de Ensino José Malaquias – Anexo Ludovico, Lago do Junco-MA, que também recebeu uma Menção Honrosa na categoria de Jovens e Adultos.  

“O prêmio é um reconhecimento ao trabalho coletivo e colaborativo, em que a palavra ressignificação representa a essência da educação empreendedora. Outro ponto importante é que essa premiação valoriza o protagonismo dos estudantes do IFMA”, afirmou a professora Ivanilde Pacheco.

Ivanilde é uma das professoras responsáveis pelo desenvolvimento do o projeto Coworking IFMA e que integrou a caravana do IFMA na solenidade de premiação. Além de Ivanilde Pacheco, as professoras Bruna Elizama Melo, Nívia Maria Santos e Vívian Adriana Gomes, também desenvolveram o projeto vencedor.  

Voltado para a valorização dos professores que desenvolvem projetos que estimulam as características empreendedoras nos alunos, o prêmio reconhece iniciativas diversas no Brasil.

A premiação nasceu em 2019, no contexto do Programa Nacional de Educação Empreendedora, promovido pelo Sebrae – que, desde 2013, já impactou 7 milhões de estudantes, por meio da capacitação de 270 mil professores.  

Nesta 2ª edição, no Maranhão, participaram 131 professores com 33 projetos inscritos e foram premiados seis projetos educacionais em escolas maranhenses.  

O Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora abarca projetos de instituições públicas e privadas em cinco categorias: Ensino Fundamental (anos iniciais e finais), Ensino Médio, Educação Profissional e Educação Superior. 

“Acreditamos que, ao premiarmos essas iniciativas, o Sebrae contribui para potencializar o debate a nível estadual e nacional sobre a importância da implementação da educação empreendedora da rede de ensino público e privado, como um vetor determinante de uma mudança, acima de tudo cultural, o que impacta na mudança econômica e social, gerando desenvolvimento local por meio do empreendedorismo”,  concluiu o diretor técnico do Sebrae Maranhão,  Mauro Borralho. 

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias