Prestes a completar 406 anos desde sua fundação, São Luís conta com uma vasta e rica história. São personalidades, feitos datados, lugares e artefatos que ficaram registrados na memória do Maranhão e do Brasil: parte deles disponíveis para visitação. Nada melhor que tirar um tempo para visitar os museus que abrigam parte destas relíquias e encantar-se com nosso acervo. Confira algumas dicas de museus para conhecer em São Luís, e o que encontrar nos locais.

Foto: Reprodução

Museu Histórico e Artístico do Maranhão (MHAM)

O MHAM, localizado na Rua do Sol, no Centro de São Luís, é o museu que conserva o acervo erudito mais importante do estado. Foi inaugurado em 28 de julho de 1973, data que se comemora a adesão do Maranhão à Independência do Brasil. O espaço conta com dois pavimentos do prédio histórico conhecido como Solar Gomes de Sousa, além de um mirante.

O que encontrar no MHAM? São cerca de 10 mil peças, dentre elas mobiliário maranhense da primeira metade do século XIX azulejaria de origem diversa, porcelana, coleção numismática, vidros, cristais, pinturas, esculturas, gravuras, arte sacra católica, arte de origem africana e acervo documental, incluindo o original da obra de Aluízio de Azevedo, ”O Mulato”, além de uma relevante coleção bibliográfica.

Visitação: de terça a sexta, das 9h às 17h30 e no sábado, das 9h às 16h. A taxa de entrada é R$ 5,00.

Centro de Pesquisa de História Natural e Arqueologia. Foto: Orcenil Júnior / Secap

Centro de Pesquisa de História Natural e Arqueologia do Maranhão

Fundado em março de 2002, o Centro de Pesquisa de História Natural e Arqueologia do Maranhão/CPHNAMA, localizado na Rua do Giz, tem como objetivo o estudo, valorização e preservação do acervo patrimonial maranhense, em especial os recursos e bens arqueológicos, paleontológicos e a cultura material e tradições dos povos indígenas no Maranhão.

O que encontrar no CPHNAMA? O museu conta com três exposições temáticas, situadas nas salas de Paleontologia, Arqueologia e Etnologia.

Visitação: de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

Museu de Arte Sacra

O Museu de Arte Sacra está sediado no Palácio Arquiepiscopal de São Luís ao lado da Catedral de Nossa Senhora da Vitória, na Avenida Pedro II, próximo ao Palácio dos Leões e à Igreja da Sé. Seu acervo passou recentemente por grande intervenção de conservação e restauração.

O que encontrar no Museu de Arte Sacra? Coleção com peças de imaginárias, ourivesaria e paramentos dos séculos XVII, XVIII e XIX nos estilos maneirista, barroco, rococó e neoclássico, inclui Imagens de Roca que tradicionalmente são utilizados em procissões da Semana Santa.

Visitação: de terça à sexta-feira, das 9 às 17h; sábado, das 9h às 16h; e domingo, das 9h às 14h.

Foto: Karlos Geromy.

Casa do Maranhão

Inaugurada em 2002, a Casa do Maranhão tem a proposta de ser uma vitrine das belezas existentes no estado, incluindo uma grande exposição da famosa festa de bumba-meu-boi, uma das mais populares da região.

O que encontrar na Casa do Maranhão? exposições com momentos do ciclo da festa de bumba-meu-boi (os ensaios, o batismo, as apresentações e a morte), além de filmes e vídeos sobre religiosidade afro e manifestações da cultura popular do estado.

Visitação: de terça a sábado, das 9h às 17h, e aos domingos das 9h às 13h. A entrada é franca.

Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho

O Centro foi criado em 1982 em homenagem ao escritor Domingos Vieira Filho, instalado em um sobrado do século XIX. Fica localizado na Rua do Giz, na Praia Grande.

O que encontrar no Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho? exposição permanente de vestimentas, adereços e objetos utilizados em festas e manifestações folclóricas, com foco na preservação da cultura maranhense, como Tambor de Mina, Divino, Tambor de Crioula e Bumba-Meu-Boi. Há, ainda, a Galeria Zelinda Lima para exposições temporárias, uma biblioteca especializada em Cultura Popular, o Bazar do Giz, destinado à divulgação e comercialização da produção artística maranhense, além do Auditório Rosa Mochel, com capacidade para 86 lugares.

Visitação: de terça a sábado, das 9h às 18h; domingo, das 9 às 13h.

Foto: Ocernil Jr.

Museu do Reggae

O Museu do Reggae, com 35 m² de pura cultura, é o primeiro espaço dedicado ao ritmo fora da Jamaica. É localizado na Rua da Estrela, no Centro Histórico de São Luís.

O que encontrar no Museu do Reggae? Discos de vinil, gravações em vídeo, fotografias, roupas e acessórios ligados ao reggae. Entre os itens, está uma guitarra usada há mais de 30 anos no primeiro show da Tribo de Jah, grupo pioneiro do reggae no Maranhão, e a radiola “Voz  de Ouro Canarinho”, de Edmilson Tomé da Costa, conhecido como Serralheiro, disseminador do gênero musical nos anos de 1970.

Visitação: de terça a sábado das 10h às 20h, e aos domingos das 9h às 13h.

O convento das Mercês é um Patrimônio Histórico do Maranhão que foi revitalizado pelo governo do estado

Convento das Mercês

O Convento das Mercês foi construído em 1654 e abriga a Fundação da Memória Republicana Brasileira. Lá, é possível acompanhar exposições, oficinas, seminários e cursos. Fica localizado na Rua da Palma, no bairro Desterro.

O que encontrar no Convento das Mercês? Museu, biblioteca, pinacoteca, sala de restauração, e amplo acervo documental.

Visitação: segunda-feira, das 13h às 18h; terça a sexta, das 8h às 13h30; e sábado, de 8h às 12h.

Casa do Tambor de Crioula, em São Luís. Imagens: Paulo Malheiros.

Casa do Tambor de Crioula

A Casa do Tambor de Crioula foi inaugurada em julho deste ano. Fica localizada em um sobrado localizado na esquina das ruas João Vital de Matos e Estrela, e foi construída através de investimentos do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

O que encontrar na Casa do Tambor de Crioula? Artefatos, painéis e informações sobre a manifestação cultural, área de vivência com apresentações de grupos de Tambor, salas equipadas para oficinas, auditórios e estúdios de gravação.

Visitação: de terça a sábado, das 9h às 17h e domingo, das 9h às 13h. As atividades culturais ocorrem de terça a sábado, das 9h às 18h.

Centro Cultural Vale Maranhão

O Centro Cultural Vale Maranhão (CCVM) fica localizado na Avenida Henrique Leal, na Praia Grande. Tem programações que enaltecem a cultura maranhense, com exposições, oficinas, performances, palestras, festivais, entre outros.

O que encontrar no Centro Cultural Vale Maranhão? Atualmente, o CCVM conta com a exposição Africana – O Diálogo das Formas, até o dia 1º de novembro; e o programa Pátio Aberto, com apresentações e oficinas de artistas maranhenses, até o dia 28 de março de 2019. Veja as programações.

Visitação: de terça a sábado, das 10h às 19h. Fechado aos domingos, segundas e feriados.

(Foto: Divulgação)

Forte de Santo Antônio da Barra

O Forte de Santo Antônio da Barra fica localizado próximo ao Espigão da Ponta d’Areia, e conta com o Museu de Embarcações tradicionais maranhenses, memorial sobre a história do Forte e o Museu da Imagem e Som.

O que encontrar no Forte de Santo Antônio da Barra? 18 tipos de embarcações maranhenses, através de maquetes em escala, além de sala de projeção com vídeos sobre a cultura local, equipamentos antigos de audiovisual e tecnologia de óculos de realidade virtual.

Visitação: de terça a sexta-feira, das 10 às 20h, e sábados e domingos, das 10 às 19h.

Casa de Cultura Josué Montello

A Casa de Cultura Josué Montello promove estudos, pesquisas e trabalhos nas áreas da literatura, artes, ciências sociais, história, geografia, contribuindo para a preservação da memória e da produção artística e cultural do Estado. Fica localizada na Rua das Hortas, nº 327, no Centro de São Luís.

O que encontrar na Casa de Cultura Josué Montello? Acervo bibliográfico, arquivístico e museológico, sendo 90% doado pelo escritor maranhense Josué Montello ao governo do Maranhão.

Visitação: segunda a sexta, das 13h às 18h.

Além destes, vale ficar atento aos museus de São Luís que se encontram em reforma, mas deverão reabrir em breve para visitação, como a Casa de Nhozinho, o Museu de Artes Visuais e o Cafua das Mercês, localizados no Centro Histórico de São Luís.