Reprodução

O governador Flávio Dino (PCdoB) recorreu ao seu Twitter para sugerir que a Polícia Federal seria usada para sustentar um factoide criado pelo Grupo Sarney. No tweet, disse ainda, que “Não quero crer que um delegado se preste a esse tipo de armação”.

O governador acredita que uma operação da Polícia Federal possa ser deflagrada no meio das eleições. E a operação teria a mão de José Sarney (MDB) e seus aliados, com o apoio da Polícia Federal.

Caso se confirme, Flávio disse ainda que “seria mais uma desmoralização”.

Inelegível?

A juíza, Anelise Nogueira Reginato, titular da 8ª zona eleitoral, em apreciação da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) número 262-79, decidiu, ainda na segunda-feira, 6 de agosto, declarar a inelegibilidade (de oito anos) de Flávio Dino de Castro Costa e Márcio Jerry Saraiva Barroso, governador do Maranhão e ex-secretário de comunicação do atual governo; respectivamente. Na decisão, cassou ainda, o mandato do prefeito e vice-prefeito de Coroatá, Luís Mendes Ferreira Filho e Domingos Alberto Alves de Sousa.

A decisão da juíza Anelise, não torna (de imediato) inelegível Flávio e Márcio, da decisão ainda cabem recursos ao Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (em segunda instância) e posteriormente ao Tribunal Superior Eleitoral (em última instância).