Reprodução

Nesta manhã,2, o corpo do ex-vereador João Damasceno Corrêa Moreira foi encontrado próximo à Ponte Bandeira Tribuzzi na Vila Gorete. Damasceno estava desaparecido desde ontem, que segundo familiares, teria saído para uma caminhada na Beira-Mar e tomar um banho na foz do Rio Anil.

Em nota, o presente Câmara Municipal de São Luís, Astro de Ogum lamentou a morte do advogado. “Trata-se de um causídico que ganhou respeitabilidade pelo senso de justiça, legalismo, equilíbrio e devoção às leis. O Maranhão, a sociedade ludovicense e o mundo jurídico perdem um de seus maiores expoentes.

Foi um homem forte e corajoso, atuou na militância política com firmeza, mas foi, sobretudo, pai e esposo extremamente dedicada aos seus entes queridos. Ele deixa um legado de independência e combatividade.

Aos familiares e amigos, em nome da Câmara Municipal de São Luís, da qual ele fez parte, manifesto minhas condolências. Que Deus lhes conforte em sua graça”, informou a nota.

Sobre João Damasceno

Nascido em Cajapió (MA), Damasceno – conhecido por Bazar – ficou como suplente de vereador por várias legislaturas. Ele chegou a assumir o mandato na Câmara Municipal de São Luís, em novembro de 2013. Naquele ano permaneceu no parlamento ludovicense por um período de cento e vinte e um (121) dias em substituição ao então presidente da Casa, vereador Antônio Isaias Pereirinha (PSL), que havia tirado licença para tratamento de saúde.

Advogado criminalista e professor do Instituto Florence, doutor Damasceno teve uma longa trajetória política em São Luís. Ele foi secretário na gestão da prefeita Conceição Andrade e chefe da Controladoria Geral do Município na gestão do prefeito João Castelo.