Reprodução

O senador João Alberto (MDB-MA) não será candidato à reeleição pelo Senado Federal. Em nome de seu grupo político, resolveu abrir mão de mais uma eleição à Câmara Alta, para abrir espaço ao então deputado federal, Sarney Filho (PV). Isso o cenário político já está ciente, mas engana-se quem pensa que João Alberto não terá peças importantes nas eleições deste ano. Seja no cenário das eleições gerais ou mesmo eleição suplementar de Bacabal, seu reduto eleitoral.

João Marcelo (MDB-MA) é deputado federal de primeiro mandato e vai concorrer a reeleição. O deputado, garante que conta com apoio de 18 prefeitos, incluindo grandes cidades como Imperatriz e Bacabal, na grande região metropolitana de São Luís, o deputado afirma que também conta com o apoio da prefeita Irlahi Moraes (MDB), de Rosário. Toda essa articulação, Marcelo acredita que está em uma situação confortável. “Não tem nenhum prefeito que tem reclamado da minha atuação”, comemora.

Mas o que chamou atenção no noticiário político (O Imparcial, 2 de julho) foi a confirmação do segundo suplente do pré-candidato ao senado, Sarney Filho (PV-MA). Trata-se do filho de João Alberto (MDB).

É um João mas não Marcelo, trata-se de João Manoel Souza, que tem residência em Brasília e é pastor da igreja neopentecostal Jesus Vive. O deputado acredita que o irmão agrega na candidatura de Zequinha Sarney (PV-MA). “Ele é um pastor e nesse momento, a categoria evangélica cresceu muito e ele vem para agregar também nesta parte”, observa o deputado.

O Imparcial aproveitou para fazer um ping-pong com o deputado João Marcelo que falou um pouco dessa nova configuração de seu grupo político que aproveitou para falar ainda das eleições de Bacabal.

O Imparcial Projeto político do deputado João Marcelo João Marcelo (deputado federal, MDB) Minha intenção é muito clara. Eu venho pré-candidato a federal, a reeleição, com apoio de 18 prefeitos e várias lideranças. Não deixei de continuar essa luta, já tenho feito. Não tem nenhum prefeito que tem reclamado da minha atuação. O Imparcial Quem é João Manoel? João Marcelo (deputado federal, MDB) Meu irmão agrega no segmento evangélico. Ele é um pastor e nesse momento, a categoria evangélica cresceu muito e ele vem para agregar também nessa parte. Ele é um pastor, professor de matemática e formado em direito. Na hora de trabalhar, é de arregaçar a camisa e é muito família. Ele merece, caso o Zequinha seja eleito, ele merece essa posição. O Imparcial João Alberto vice de Roseana João Marcelo (deputado federal, MDB) O senador João Alberto deve ser um dos políticos mais experientes do Maranhão. Não sou só eu que digo isso, mas até a oposição sabe disso. Ele agrega muito, é líder em várias localidades. Ele agrega e é um nome natural pra ser vice. Mas ele não bate o martelo para isso, ele é grupo. E nós temos também os dois pré-candidatos ao senado. O Lobão e Sarney Filho. O Imparcial Concentrar força somente na candidatura de Sarney Filho? João Marcelo (deputado federal, MDB) Não tem concentração de força. São dois votos. O senador Lobão é muito amigo nosso, Edinho Lobão também, faz parte do nosso grupo. Tenho muita admiração pelo Lobão e também pelo Zequinha Sarney. O Imparcial Eleição de Bacabal? João Marcelo (deputado federal, MDB) Não sabemos quando vai ser a eleição, então a intenção agora é o Edvan entrar na prefeitura. Fazer o novo secretariado, arrumar a casa. Roberto Costa, vem para deputado estadual. Edvan é uma pessoa que admiramos muito, paciente, cauteloso e deve fazer uma boa administração, que é o que a gente espera.