Foto: Honório Moreira

Carlos Roberto de Paula, juíz responsável pela 3ª Vara da Comarca de Paço do Lumiar, pronunciou nesta quarta-feira,25, que Robert Serejo, assassino confesso da ex-enteada Alanna Ludmilla Borges Pereira em novembro do ano passado.

Robert vai à júri popular pelos crimes de feminicídio, estupro de vulnerável e ocultação de cadáver.
Serejo está preso do Complexo Penitenciário de Pedrinhas desde novembro de 2017.

Relembre o caso

Alanna Ludmila, de 10 anos, desapareceu, após a mãe sair para uma entrevista de emprego. Dois dias se passaram até a polícia encontrar a menina morta, no quintal da própria casa. Alanna apresentava sinais de violência sexual e asfixia.

Robert Serejo de Oliveira foi encontrado dias depois pela polícia nas proximidades da Estiva, Zona Rural do São Luís, onde tentava fugir pela BR 135.