BASTIDORES

‘Retornaremos ao poder em 2018’, diz Adriano Sarney

Parlamentar fez declaração em debate com com o vice-presidente da Assembleia, que o ironizou: ‘Continue sonhando’.

Divulgação

Deputado estadual Adriano Sarney

“Em 2018 o grupo que faz oposição ao governo comunista voltará ao poder”. A frase é do deputado estadual Adriano Sarney (PV), proferida na sessão desta quinta-feira da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema). O parlamentar, que é sobrinho da ex-governadora Roseana Sarney, foi ainda mais longe: afirmou que já existe uma pesquisa de intenção de voto que ratifica a sua declaração e aponta o candidato do Grupo Sarney à frente.

“O grupo [Sarney] retornará, vocês querendo ou não. O povo já está dizendo. Eu tenho uma pesquisa que comprova que nós já estamos na frente. Em 2018 nós estaremos novamente no poder, tanto no governo, como também com as duas vagas no Senado”, completou o deputado, que não apresentou nenhum documento que pudesse confirmar a existência da pesquisa.

DivulgaçãoO discurso de Adriano Sarney foi uma resposta às declarações do vice-presidente da Alema, deputado Othelino Neto (PCdoB), que criticou a postura dos parlamentares oposicionistas durante a sabatina realizada na quarta com o secretário Clayton Noleto (Infraestrutura) sobre os avanços do programa Mais Asfalto. “Os senhores perderam uma boa oportunidade de mostrar que não estão com dor de cotovelo. Porque só é contra o asfalto quem nunca comeu poeira na sua casa”, afirmou Othelino Neto. Em seu pronunciamento, o vice-presidente da Alema também fez duras críticas ao governo Roseana Sarney e ironizou a aposta do deputado Adriano Sarney: “Continue sonhando, deputado”, disse.

Indefinição

Apesar da declaração entusiasmada de Adriano Sarney, o grupo oposicionista (ao qual sua família pertence) ainda não anunciou nenhum nome para concorrer ao pleito de 2018 contra o governador Flávio Dino (PCdoB). Nos bastidores, o que muitos acreditam que a ex-governadora Roseana Sarney poderá retornar para mais uma candidatura ao Governo do Maranhão. Apesar de não exercer nenhum cargo político desde que deixou o Palácio dos Leões, em 2014, Roseana nunca esteve realmente afastada do jogo. Até agora, porém, ela não confirmou se está disposta a concorrer. Mas muitos aliados já dão como certa sua candidatura

‘Direito de sonhar’

Em entrevista a O Imparcial, o deputado Othelino Neto (PCdoB) comentou a declaração de Adriano Sarney sobre o retorno do seu grupo ao poder. “Pesquisa apócrifa não dá para comentar. Sonhar em voltar ao comando do Maranhão é um direito que eles têm, mas eles não conseguiram sequer apresentar um nome. A crise por lá é tão grande que até agora eles não conseguiram apresentar um candidato de verdade, eles são como um navio sem comandante, à deriva. Se você olhar no horizonte da oposição, não existe um nome que eles têm coragem de apresentar como candidato. Eventualmente vai aparecer, é claro, e aí a população vai fazer o julgamento”, opinou Othelino Neto.