Mudança

Ex-superintendente do MA é nomeado para a direção da PF

Segóvia substitui Leandro Daiello, que estava a frente da PF desde 2011.

O ex-superintendente da Polícia Federal do Maranhão, Fernando Segóvia, será o novo diretor-geral da Polícia Federal. A oficialização foi feita nesta quarta-feira, 8, pelo presidente Michel Temer.

Segóvia substitui Leandro Daiello, que estava a frente da PF desde 2011 – foi um dos que passou mais tempo no cargo. Daiello foi nomeado na gestão do então ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, do governo Dilma Rousseff, e já havia manifestado interesse em deixar o cargo.

“O ministro da Justiça expressa ao Delegado Leandro Daiello seu agradecimento pessoal e institucional pela competente e admirável administração da Polícia Federal nos últimos seis anos e dez meses”, frisou a nota do Ministério da Justiça, que avalizou a mudança.

Em sua carreira de 22 anos na Polícia Federal, Segóvia esteve na direção do Sistema Nacional de Armas, responsável pelo controle de armas de fogos legalizadas, e comandou operações como a Upatakon 3, uma investida contra a ocupação indevida de área indígena em Roraima.

Quando comandou a Superintendência da Polícia Federal no Maranhão, entre agosto de 2008 e junho de 2011, Segóvia encabeçou a operação a Rapina III, que prendeu 24 envolvidas em um esquema de fraudes em contratos públicos. A operação da PF atingiu três municípios onde as fraudes teriam ocorrido – Imperatriz, Ribamar Fiquene e Senador La Rocque – e também a capital, São Luís.

MOSTRAR MAIS