CINE NOVOS VENTOS

Paulino Neves recebe cinema itinerante

Mais de mil crianças do município tiveram a oportunidade de participar do projeto Cine Novos Ventos, realizado segunda e terça-feira, com a exibição do filme O Lorax: Em Busca da Trúfula Perdida

Reprodução

A semana começou bem movimentada no município de Paulinho Neves, a aproximadamente 300km de São Luís. A pequena cidade recebeu a visita do cinema itinerante, durante os dias 14 e 15. O projeto, que é uma iniciativa da Ômega Energia em parceria com a prefeitura municipal, atendeu cerca de 1.000 alunos da rede pública de ensino.

O projeto, intitulado Cine Novos Ventos, que tem como objetivo propagar cultura e lazer nas comunidades carentes da região, atendeu onze escolas dos povoados de Vista Alegre, Tingidor e Angelim. Os alunos beneficiados com sessões gratuitas de filmes foram os mais carentes, com idade entre 6 e 13 anos e que estão com déficit no rendimento escolar. O primeiro ponto de parada do projeto foi na Praça Beira Rio, no município de Paulino Neves, onde permaneceu por dois dias. Cada dia foram realizadas cinco sessões, que atendiam a mais de cinquenta crianças em cada. A moderna e grande carreta logo chamou a atenção do município e atraiu muitos curiosos.

Segundo Lazaro Xavier, secretário de Educação do município, a mostra é uma oportunidade de desenvolvimento educacional para os alunos. “Esse é um projeto interessante. Para quase 99% dessas crianças, é uma oportunidade para a vida delas. Muitos deles estiveram pela primeira vez em uma sala de cinema, isso porque vivemos em um município muito carente. Com certeza, essa parceria vai possibilitar cada um desses garotos e garotas a terem mais noção e se conscientizarem de seus direitos e deveres e, principalmente, contribuir como grandes cidadãos. Nós queremos parabenizar a Ômega pelo fato de se preocupar com as futuras gerações do nosso município e proporcionar momentos como este a eles”, pontuou Lazaro.

O filme voltado à conscientização das crianças em relação ao meio ambiente chamou a atenção dos pequenos. Ao entrar na carreta-cinema, era possível ver a empolgação e ansiedade dos pequenos alunos. Ian Carlos, com 11 anos de idade, aluno do 6º ano do ensino fundamental, nos contou o que mais gostou da programação. “Aqui eu brinquei, eu comi pipoca e refrigerante, mas o que eu mais gostei foi de assistir a esse filme, que falou que precisamos cuidar das plantas, para termos um ar puro. Eu estava com muita expectativa pra chegar esse dia, eu gostei tanto que nunca vou me esquecer”, disse o garoto.

Antônia Cardoso, diretora da Unidade de Ensino Francisco de Assis de Araújo, localizada no povoado Angelim, a 5km de Paulino Neves, destacou que o projeto é um aliado da educação. “É maravilho para eles terem um lazer, e aliado com a educação ambiental é melhor ainda. Essa é uma forma deles interagirem com outros alunos. Nós começamos um projeto no início do ano que visa exclusivamente isso, a preservação do meio ambiente. Sem dúvida, esse dia vai agregar ainda mais esses trabalhos já desenvolvidos. Nós, da comunidade acadêmica, somos gratos por essas ações que promovem as políticas públicas no município”, afirmou a gestora.

Expectativa a cada sessão

A cada sessão, filas se formavam do lado de fora da carreta, cada aluno esperava ansiosamente pelo grande momento. Antes de entrar na sala, a pequena Ana Luiza Reis, de 9 anos, falou sobre sua expectativa em conhecer o cinema. “Quando a tia falou que eu ia participar, eu fiquei pensando nisso. Eu acho que o cinema é um lugar grande do tamanho de um hotel, deve ser todo branco e que tinha uma televisão enorme, só que não foi como eu pensei, mas eu gostei demais. Pra mim, foi muito ótimo assistir a esse filme e eu não vejo a hora de voltar de novo”, disse.

A Ômega Energia destacou a importância de projetos como estes e garantiu outras edições das ações. “Quando elaboramos esse projeto, nosso principal objetivo era levar às crianças a mensagem de preservação do meio ambiente através de uma experiência inesquecível. Ir ao cinema, para a grande maioria, era apenas um sonho. Então, decidimos promover a consciência ambiental de uma forma lúdica. Além de investir na geração de energia limpa e renovável, a Ômega busca, por meio de projetos e ações, se integrar às comunidades com a missão de contribuir para a geração do desenvolvimento sustentável. Ainda teremos outras atividades voltadas a essa temática”, expressou Carolina Guimarães, diretora de implantação do projeto.

Durante a atividade, foi exibida a animação O Lorax: Em Busca da Trúfula Perdida. O filme trouxe uma história sobre a importância da preservação da natureza. A aventura conta a jornada de um rapaz que procura pela única coisa que poderá fazer com que ele conquiste a afeição da garota de seus sonhos. Para encontrá-la, ele terá que descobrir a história de Lorax. A estrutura montada contou com uma carreta com capacidade para 59 pessoas por sessão, equipada com poltronas confortáveis, climatizada, com sistema de som e imagem digital, e snack bar para servir as crianças com refrigerante e pipoca, banheiros e cama elástica.

A partir de hoje, o município de Barreirinhas recebe a carreta, para dez sessões na região.

Dia 16 e 17 de agosto
8h às 9h30 (1ª sessão)
10h às 11h30 (2ª sessão)
14h às 15h30 (3ª sessão)
16h às 17h30 (4ª sessão)
18h às 19h30 (5ª sessão)

Energia Eólica

A programação pensada para levar diversão às crianças por meio de atividades recreativas e entretenimento por meio do filme Líder de bilheteria na estreia norte-americana, a animação traz uma história sobre a importância da preservação da natureza. Fazem parte das ações sociais da Ômega Energia empresa responsável pelo primeiro complexo eólico do Maranhão instalado no município de Paulino Neves que tem um investimento de mais de R$ 1,5 bilhão.

A construção do projeto está 60% concluída. O Complexo Delta 3 integra oito parques eólicos e o total de 96 aero geradores, com capacidade instalada de 220,8 MW. O projeto, que teve energia comercializada no 7º e 8º Leilões de Energia de Reserva, em 2015, inclui também a construção de uma linha de transmissão de 240 km (quilômetros), que liga o parque a subestação da Eletronorte, no município de Miranda do Norte. Além disso, envolve diferentes contrapartidas sociais, sendo a principal delas a construção da estrada de acesso entre as cidades de Barreirinhas e Paulino Neves. A extensão da MA-315, em trecho de 36 quilômetros entre os dois municípios, promoverá ainda a integração rodoviária do Maranhão à Rota das Emoções, ao lado dos Estados do Ceará e Piauí, interligando a região dos Lençóis Maranhenses ao Delta do Parnaíba e a Jericoacoara, o que, segundo especialistas, fomentará significativamente o fluxo turístico nacional e internacional para os destinos.

 

 

 

 

MOSTRAR MAIS