Setor imobiliário em São Luís

Construtoras ainda apostam em lançamentos imobiliários

Nos últimos anos, os investimentos se concentraram mais em imóveis do padrão Minha Casa, Minha Vida. Mesmo com unidades de médio e alto padrão ainda em estoque, as construtoras voltam a apostar nesse segmento

Reprodução

Após um ano conturbado para a economia brasileira, o setor imobiliário em São Luís iniciou 2017 com maior confiança no mercado. Os sinais de recuperação foram constatados pelo aumento de variação no levantamento do Índice de Velocidade de Vendas (IVV) realizado pelo Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Maranhão (Sinduscon-MA), no primeiro trimestre de 2017, em relação ao trimestre anterior e ao mesmo período de 2016.

De acordo com o último levantamento, a variação do Índice de Velocidade de Vendas de janeiro a março de 2017 foi de 18,43%. O que representa um acréscimo de 7,64% se comparado ao último trimestre de 2016, que teve desempenho de 10,79%. No primeiro trimestre deste ano, de 4.953 unidades habitacionais ofertadas, 913 unidades foram comercializadas. Os números do segundo trimestre serão levantados em julho.

A instabilidade no mercado afetou diretamente os lançamentos de empreendimentos imobiliários. De 2015 para 2016, os investimentos se concentraram mais em imóveis do padrão Minha Casa, Minha Vida, nas faixas de R$ 115 mil a R$ 150 mil, em que as vendas se mantiveram regulares. Em relação aos imóveis de padrão mais elevado, as incorporadoras foram mais cautelosas e se dedicaram a vender seus estoques. Contudo, de 2016 a 2017, as construtoras voltaram a apostar em empreendimento em áreas de maior valor.

Os imóveis de R$ 180 mil a R$ 305 mil, ainda que não tenham as vendas acentuadas da mesma forma que os financiados pelo programa Minha Casa, Minha Vida, com recursos do FGTS, também voltaram a ter procura no mercado. Os empreendimentos na escala de alto padrão que podem passar de R$ 1 milhão, e que ainda possuem unidades aguardando compradores, também têm lançamentos previstos ou já em construção na área do Renascença, Ponta do Farol e Península da Ponta d’Areia.

Na quarta edição do Festimóveis – feirão imobiliário da construção civil – realizada neste fi m de semana em São Luís, 27 empresas proporcionam pelo menos 25 lançamentos, entre os 70 empreendimentos em oferta no evento. A expectativa é de movimentação de R$ 300 milhões com pelo menos duas mil unidades comercializadas.