Economia

Construção civil fecha 2016 com inflação de 6,64%, diz IBGE

A taxa ficou acima dos 5,50% de 2015.

Por: Agência Brasil
Foto: Construção Civil

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), fechou 2016 com uma inflação de 6,64%, segundo dados divulgados hoje (11), no Rio de Janeiro. A taxa ficou acima dos 5,50% de 2015.

O principal responsável pela alta do custo da construção foi a mão de obra, que ficou 10,89% mais cara no ano passado. Em 2015, esse componente da construção havia tido um aumento de custo de 7,55%. Já os materiais de construção fecharam 2016 com uma inflação de 2,92%, abaixo dos 3,78% do ano anterior.

Apenas no mês de dezembro, o aumento do custo da construção civil foi de 0,49%. O custo por metro quadrado fechou o ano em R$ 1.027,30, sendo R$ 531,21 relativos aos materiais e R$ 496,09 à mão de obra.

Assis Filho toma posse de secretaria

Francisco de Assis Filho teve seus bens bloqueados em investigação de um suposto esquema de funcionários fantasmas

Trump dispara contra OTAN e UE

Presidente eleito dos Estados Unidos também acredita que mais países sairão da União Europeia

Setor hoteleiro está otimista

Praias limpas e as mais de 200 rotas áreas que chegam ao Maranhão animam donos de hotéis

Maranhão com mais 7 defensores públicos

Mais de 4 milhões de maranhenses são atendidos pela Defensoria Pública Estadual (DPE)

Acidente mata cinco pessoas na BR-010 sendo três crianças

A PRF culpou a má condição da rodovia pelo acidente

Ferrovias seriam solução para o Itaqui, diz especialista

Com transporte ferroviário os custos de logística poderiam cair 38% por tonelada

Projeto incentiva o cultivo de sururu em Bequimão

Mais de 30 habitantes do povoado já foram capacitados no manejo e cultivo de moluscos

Municípios maranhenses receberão ônibus escolares

Os veículos foram adquiridos em parceria com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e serão doados às prefeituras

SENAI abre vagas para curso grátis

O objetivo foi formar mão de obra qualificada, que possa ser empregada pela própria concessionária ou por empresas parceiras que atuam em suas obras

Obra da Odebrecht em 'Paço' é embargada

Segundo a prefeitura, a obra estava sendo executada sem sem solicitação à prefeitura, sem apresentação de projetos e sem pagamento de tributos

VEJA MAIS