Economia

Varejo cresce em novembro, mas vendas caem 6,4% no acumulado do ano

Os dados divulgados pelo IBGE indicam que, em novembro, a receita nominal do setor cresceu 0,9% frente a outubro.

Por: Agência Brasil
Foto: Reprodução

As vendas do comércio varejista do país fecharam novembro com crescimento de 2% em relação a outubro, na série livre de influências sazonais, interrompendo uma sequência de quatro taxas negativas consecutivas e que levou o setor a fechar o período janeiro-novembro com queda de 6,4%, na comparação com o mesmo período de 2015.

Os dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) foram divulgados, hoje (10), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e indicam que, em novembro, a receita nominal do setor cresceu 0,9% frente a outubro.

Já no resultado acumulado de janeiro a novembro, a receita nominal do varejo cresceu 4,8%, frente ao mesmo período de 2015.

O IBGE ressalta que a variação positiva do volume de vendas em novembro compensou parte da perda acumulada pelo setor de 2,3% de julho a outubro, contribuindo para interromper a trajetória de queda no indicador de média móvel trimestral, de 0,3% observada desde maio de 2016.

Na série sem ajuste sazonal, no confronto com igual mês do ano anterior, o volume de vendas caiu 3,5% em relação a novembro de 2015, a vigésima taxa negativa seguida nesse tipo de comparação. Ainda assim, foi o recuo menos acentuado desde os -2,7% de junho de 2015.

Assim, os resultados permanecem negativos para o volume de vendas. Além dos -6,4% do ano, o acumulado dos últimos doze meses fechou negativo em 6,5%.

Varejo ampliado tem saldo positivo

Os dados divulgados pelo IBGE indicam, ainda, que no comércio varejista ampliado (que inclui, além do varejo, veículos, motos, partes e peças de material de construção) as variações sobre o mês imediatamente anterior também foram positivas.

O volume de vendas cresceu 0,6% e a receita nominal 0,3%, na série livre de influências sazonais. E nas comparações que envolvem o ano anterior (série dessazonalizadas), o volume de vendas apresentou resultados negativos com quedas de 4,5% em relação a novembro de 2015, de 8,8% no acumulado do ano e de 9,1% no acumulado dos últimos 12 meses.

Já a receita nominal acusou crescimento de 1,7% sobre novembro de 2015, mas fechou em queda nos períodos janeiro-novembro e nos últimos 12 meses: -0,6% e -0,8%, respectivamente.

Por atividades

O crescimento de 2% nas vendas do comércio varejista de outubro para novembro deste ano significa resultados positivos em cinco das oito atividades pesquisadas. O principal destaque veio do avanço de 0,9% em hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo; seguido pelos 7,2% de outros artigos de uso pessoal e doméstico e pelos 2,1% de móveis e eletrodomésticos. O setor de equipamentos de escritório, informática e comunicação cresceu 4,3%.

Na outra ponta, entre as atividades com redução no volume de vendas, entre outubro e novembro, aparecem tecidos, vestuário e calçados (-1,5%), livros, jornais, revistas e papelaria (-0,4%) e combustíveis e lubrificantes (-0,4%).

Resultados positivos em 23 estados

O crescimento de 2% nas vendas do comércio varejista, entre outubro e novembro do ano passado (série com ajuste sazonal) reflete resultados positivos em 23 das 27 unidades da federação, com as maiores taxas de variação sendo observadas em Tocantins (6%) e Paraíba (3,8%). Alagoas e Roraima, ambos com taxas de -0,9%, são os estados com recuos mais acentuados.

Frente a novembro de 2015, série sem ajuste sazonal, o comércio varejista registrou queda em 21 dos 27 estados para o volume de vendas, com destaque para Pará (-13,7%). Paraíba (11%) apresentou o maior aumento do volume das vendas em novembro.

No comércio varejista ampliado, 23 unidades da federação apresentaram variações negativas na comparação com novembro do ano passado. Em termos de volume de vendas, destacaram-se Pará (-14,2%) e Paraíba (3,2%). Os estados com maior impacto negativo foram São Paulo (-5,1%) e Rio de Janeiro (-7,4%).

Lançada campanha contra o abate clandestino de animais

O abate clandestino de animais representa riscos ao consumidor, pela ingestão de alimentos de qualidade sanitária suspeita, além de contaminar o meio ambiente

Fiscalização do trânsito de São Luís é reforçada

Prefeitura adquiriu 30 novos carros e 20 motos, que vão ampliar o serviço de fiscalização da capital

Suzuki ansioso por início da temporada 2017

Representante do Maranhão na categoria espera um bom resultado na corrida de estreia no ano em Goiânia

Obituário: Serralheiro

Em torno da consolidação da cena reggae em São Luís há muito de lenda, hipérbole e imodéstia.

Polícia impede sequestro relâmpago do João de Deus

Quatro suspeitos foram presos em flagrante após abordagem policial em carro suspeito no bairro do João de Deus

Cinco receitas em que o bacalhau é o principal ingrediente

Na salada, no arroz, no risoto. Seja como for o bacalhau está na lista dos ingredientes mais consumidos deste período, e pode render ótimas receitas

PM preso com grande arsenal em São Luís

O policial militar, não identificado por medidas de segurança, estava com armas de fogo, munições e motocicletas em sua residência

Mutirão faz plantio de mangue em Araioses

Grupo de 50 pessoas realizou o plantio de 1,5 mil mudas de mangue manso, siriba e vermelho às margens do Igarapé do Galego

Sepultura apresenta novo álbum em São Luís

Um dos grupos de maior sucesso nacional e internacional presenteará os fãs maranhenses com dois dias de interação, primeiro no shopping, nesta quinta-feira (30) e depois, na Casa das Dunas, na sexta

Conheça o Observatório Astronômico da UEMA

A ideia do laboratório é ajudar a popularizar a ciência e estimular a entrada de novos estudantes em eventos científico – principalmente na Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA)

Maranhão é incluído no Fundo do Norte

Comissão do Senado aprovou a entrada do estado, assim como do Mato Grosso, para receber políticas adequadas para a Amazônia Legal

Abertas inscrições para cursos gratuitos de maio

As inscrições devem ser feitas de 10 a 20 de abril, de 7h30 às 11h:30h e das 13h30 às 17h30, na Sala de Técnicos do Sesc Deodoro

Abertas inscrições para processo seletivo em Pio XII

As inscrições deverão ser realizadas nos dias 29 e 30 de março de 2017; a carga horária varia entre 20 a 40 horas semanais, com salário de R$ 937,00

Mega-Sena sorteia R$ 20 milhões hoje

A aposta mínima na Mega-Sena custa R$ 3,50 e pode ser feita até as 19h (horário de Brasília) de hoje

Cine Guarnicê volta nesta quinta-feira

Com entrada franca, o Festival Guarnicê disponibilizará ao público sessões de filmes, cursos, exposições e oficinas

VEJA MAIS