Kobra nos EUA

Mural de Kobra sobre David Bowie nos EUA atrai muitos fãs do artista inglês

Feito com spray e tinta acrílica, o mural “Ziggy Stardust”, situado na 837 Jersey Ave, tem 18 metros de largura por 60 metros de altura

Reprodução

Jersey City atraiu muitos fãs de David Bowie no dia 8 de janeiro, data aniversário do artista londrino nascido em 1947 e que, portanto, teria feito 70 anos no domingo. Isso porque o muralista Eduardo Kobra realizou na cidade norte-americana, em novembro do ano passado, uma imensa obra icônica do conhecido cantor, compositor, ator e produtor musical inglês. Feito com spray e tinta acrílica, o mural “Ziggy Stardust”, situado na 837 Jersey Ave, tem 18 metros de largura por 60 metros de altura.

De acordo com o muralista, o convite para a obra surgiu do prefeito da cidade, Steven M. Fulop. Jersey City possui um amplo projeto, denominado “Mural Arts Program”, que já viabilizou 80 murais na cidade, o maior deles feito por Kobra. O objetivo é transformar as ruas de Jersey City em uma galeria de arte urbana.

“Temos um dos mais amplos e abrangentes programas de muralismo em todo o país. E estamos entusiasmados com a contribuição feita pelo brasileiro Eduardo Kobra para a paisagem artística da nossa cidade. O trabalho de Kobra é reconhecido em todo o mundo e seu mural de Jersey City não é importante apenas por ser o maior, mas também por mostrar com maestria uma imagem icônica que atrai as pessoas da cidade e turistas do país e do mundo inteiro”, disse o prefeito Steven M. Fulop.

“Eu já tinha há cerca de quatro anos a arte criada para este desenho. E a oportunidade de levá-la para um prédio surgiu com este convite”, afirma o muralista, que acrescenta: “David Bowie é uma inspiração para meu trabalho. Ele nunca se contentou com a fama e o reconhecimento já conquistado. E sempre buscou novas formas de desafio e de expressão. Também procuro, dentro das minhas possibilidades, diversificar meu estilo, realizando projetos diferentes como o Muro das Memórias, o Green Pincel, o Olhares da Paz e a Realidade Aumentada”, afirma o artista, que se prepara para inaugurar em março de 2017 um atelier em Jersey City. “É uma base importante, porque farei este ano 28 murais nos Estados Unidos”, revela.